SSP 2020: Grelha de 2021 toma forma

Por a 4 Dezembro 2020 14:30

Algumas grandes mudanças na grelha das SSP 2021 já foram anunciadas, mas ainda há muitos lugares disponíveis

Aegerter e Bendsneyder vão ser caras novas na grelha em 2021

A grelha do Mundial de Supersport está a ganhar forma, mas também há alguns lugares ainda para serem ocupados antes da temporada de 2021.

Com o campeão do mundo de 2020 um dos poucos pilotos a abandonar o seu lugar para se mudar para as SBK, o aspeto da grelha para a temporada de 2021 pode ser muito diferente.

Tanto o campeão de 2020 como o vice-campeão de 2020 abandonaram os seus lugares nas SSP para assumirem o desafio nas SBK para o próximo ano, com Andrea Locatelli e Lucas Mahias a deixarem lugares livres na equipa Bardahl Evan Bros. e na Kawasaki Puccetti, embora este último tenha sido rapidamente preenchido pela estrela turca Can Öncü, que tinha disputado o mundial pela Turkish Racing Team em 2020.

Entretanto, Steven Odendaal fará a mudança para a Evan Bros. para 2020. Öncü será acompanhado na equipa por Philipp Oettl, que embarcará no seu segundo ano com a equipa depois de ter mostrado um forte ritmo na sua temporada de estreia nas  Supersport.

Jules Cluzel vai ficar na Yamaha GMT94 depois de, mais uma vez, ter tido uma temporada interrompida por uma lesão sofrida num acidente em MotorLand Aragón, mas o francês, que terminou nos cinco primeiros lugares do Campeonato em todas as temporadas em que competiu, vai alinhar ao lado de um novo companheiro de equipa para 2021.

A equipa já anunciou que Federico Caricasulo vai substituir Corentin Perolari, com o francês a deixar a equipa para um novo desafio em 2021, embora Christophe Guyot, Team Manager da GMT94 ainda esteja a ajudar Perolari a encontrar um novo lugar para a próxima temporada.

O campeão do Mundo de 2019 Manuel Gonzalez vai permanecer nas SSP por uma segunda temporada com a equipa ParkinGo, embora a bordo de novas máquinas pois a equipa muda de Kawasaki para Yamaha de novo.

A Ten Kate Racing vai correr com o vencedor do Mundial de MotoE, Dominique Aegerter, nas SSP, em 2021.

O suíço já competiu em Moto2 e conquistou uma vitória, e mais sete pódios, ao mesmo tempo que teve duas vitórias na temporada de MotoE de 2020, para terminar em terceiro lugar no Mundial.

Há outra nova face na grelha, com Bo Bendsneyder a juntar-se à EAB Racing para a campanha de 2021, depois de ter passado três temporadas entre 2018 e 2020 em Moto2.

O campeão da Red Bull Rookies Cup de 2015 ainda tem apenas 21 anos, mas traz consigo uma vasta experiência, com duas campanhas de Moto3 e três temporadas de Moto2.

Um dos outros grandes pontos de discussão após o final da temporada 2020 das SSP é a separação da PTR de Simon Buckmaster da Honda antes da temporada de 2021.

No passado, além de gerir a Parkalgar com Laverty e Praia entre outros, a formação foi capaz de desafiar para o título em 2009 e 2010 e conseguir 18 vitórias e 30 pódios juntos.

Em 2020, a equipa foi representada por Hikari Okubo e Patrick Hobelsberger como a única equipa que ainda usava a desatualizada CBR600RR mas fez agora um acordo com a  Triumph para o regresso, para já só no BSB, da marca inglesa.

Há também um lugar disponível na Kallio Racing, que corre com duas motos em 2020, na sequência da mudança de Viñales para a Orelac Racing VerdNatura em 2021, com a equipa finlandesa a mostrar uma forte forma ao longo de 2020.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Supersport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x