SBK, 2021, Donington Park: Chuva traz britânicos para o topo no TL3

Por a 3 Julho 2021 10:06

O sábado amanheceu chuvoso, como Rea a liderar o TL3 à chuva, primeiro de uma sequencia de 4 Britânicos à frente

Após um dia seco de ação na sexta-feira, a manhã de sábado proporcionou um desafio diferente, uma vez que a chuva mudou o fim-de-semana de feição.

O regresso do Mundial de Superbike a Donington Park caracterizou-se por um típico dia de Verão britânico para o Treino Livre 3, quando a chuva saudou os pilotos com o seis vezes Campeão Jonathan Rea (Kawasaki Racing) a liderar o campo por mais de um segundo, à frente de um 1-2-3-4 britânico em solo nacional.

Rea liderou desde o início da sessão de 30 minutos e melhorou continuamente o seu tempo ao longo do TL3, acabando por afixar 1:41.433 para liderar as folhas de tempos, com o companheiro de equipa Alex Lowes em segundo lugar mas a 1,181s do seu companheiro de equipa.

Leon Haslam (Team HRC) deu uma volta tardia para passar para o terceiro lugar na sua CBR1000 RR-R, depois de mostrar um ritmo forte no molhado durante toda a sessão.

 Três fabricantes completaram os quatro primeiros com Tom Sykes (BMW Motorrad) em quarto lugar, outro piloto que melhorou continuamente ao longo da sessão e acabou com 1:43.335s.

O americano Garrett Gerloff (Yamaha GRT) impressionou mais uma vez ao ter de aprender o circuito em condições diferentes das de ontem na sua primeira visita, embora tenha feito uma viagem através da gravilha na Curva 2, enquanto Axel Bassani (Motocorsa Racing) foi o líder Ducati na sexta posição; o piloto mais jovem da grelha também impressionou ao longo de toda a sessão.

O treino foi um desafio para Scott Redding (Ducati Aruba) que sofreu uma queda no final da sessão no gancho de Melbourne para terminar em 12º lugar, enquanto Jonas Folger (Bonovo MGM Action) teve uma queda na Curva 8 à direita de Coppice.

Chaz Davies (Team GoEleven) conquistou o sétimo lugar à frente de Toprak Razgatlioglu (Yamaha Pata BRIXX) em oitavo, Álvaro Bautista (Team HRC) em nono e Andrea Locatelli (Yamaha Pata) arredondou os dez primeiros, os quatro pilotos separados por apenas dois décimos de segundo.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Destaque Homepage
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x