SBK, 2020: As melhores corridas do ano passado

Por a 17 Janeiro 2021 14:30

À medida que a época de 2021 se aproxima, é tempo de recordar algumas das melhores corridas de 2020

O Campeonato do Mundo de Superbike Motul de 2020 foi uma das temporadas mais singulares de sempre, não só pela situação global, mas em termos de quão imprevisível a temporada foi desde o início.

Desde os primeiros vencedores, concorrentes emergentes ao título e estreantes muito rápidos, foi uma temporada para saborear por uma variedade de razões. Olhando para o ano deslumbrante da ação das Superbike, escolhemos as oito melhores corridas de SBK para resumir o que se passou.

As melhores corridas de SBK:

Phillip Island, Corrida 1: Sykes, Redding e v d Mark arrancaram colados, e o homem da BMW aguentou o comando até à 11ª volta enquanto Toprak Razgatlioglu ascendia lentamente a 4º.

À 12ª volta, tudo mudou com Redding a liderar e Razgatlioglu a passar para segundo um par de voltas depois para vencer, dando-nos o segundo pódio mais próximo de todos os tempos!

Phillip Island, Corrida Superpole: Rea, Razgatlioglu e Sykes arrancaram juntos, com Baz a vir meter-se na luta nos lugares seguintes, mas à bandeira, o Campeão Rea tinha resistido aos ataques de Razgatlioglu e Redding na fase final para vencer!

Phillip Island, Corrida 2: V d Mark foi o líder surpresa, mas uma volta depois, já Rea comandava, só que a 2 voltas do final, Lowes colocou-se no comando, e Rea viu-se destronado pelo novo colega de equipa…

Aragón, Corrida 2: Davies regressou em forma, pressionando Rea toda a corrida a partir da 4ª volta, para acabar em 2º, reacendendo a velha rivalidade numa edição de 2020, com Bautista a mostrar trabalho ao colocar a Honda no último degrau do pódio.

Teruel, Corrida 2: Redding, Rea e Rinaldi saíram colados, com Rinaldi a aproveitar um erro de Redding para liderar à 4ª volta e aguentar a frente até 4 voltas do final, quando Rea passou para vencer a batalha por Teruel.

Barcelona-Catalunha, Corrida 2: Davies subiu rapidamente de 4º para 2º atrás de v d Mark, e liderou a partir da 4ª volta, produzindo o sétimo vencedor do ano…

Magny-Cours, Corrida 2: Rea podia ter antecipado a resolução do título, mas Redding deu luta para liderar a partir da 4ª volta, e Baz e Davies vieram completar o pódio, negando o título a Rea até à última ronda.

Estoril, Corrida 2: Rea estava claramente em modo de segurança para garantir mais um título, baixando gradualmente para 14º, e não se metendo da luta entre Redding e Davies que viu o Galês acabar a sua passagem pela Ducati com uma vitória sensacional uma última vez!

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x