SSP, 2020: Peter Sebestyen com a Yamaha Toth

Por a 10 Dezembro 2019 15:00

O Team Toth acaba de anunciar que Peter Sebestyen unirá forças com a equipa Húngara para 2020. O piloto húngaro alinha ao lado do já confirmado Loris Cresson, que está na sua segunda temporada completa nas SSP.

Nascido em Budapeste em 1994, Sebestyen estreou-se no paddock das SBK, depois de breves passagens no Campeonato do Mundo de 125 cc, em 2013 na Copa Júnior da Europa. Durante o seu primeiro ano na Copa, ele conseguiu mostrar o seu talento, subindo ao pódio e terminando entre os dez primeiros.

Graças ao excelente primeiro ano da série EJC, em 2014 o jovem piloto juntou-se ao Team Toth para competir na classe EVO das SBK. O primeiro ano no Campeonato Mundial de Superbike provou ser um desafio difícil para o piloto húngaro, que decidiu passar para o Campeonato de Superstock 1000 de 2015, antes de regressar às SBK em 2016, novamente com a equipe húngara.

A partir de 2017, Sebestyen contestou a European Supersport Cup por dois anos, mas, no final de 2018, ingressou na Honda CIA Landlord Insurance nas cinco últimas rondas do ano. Ansioso por iniciar um novo desafio, ele ficou com a equipa britânica participando da sua primeira temporada a tempo inteiro nas SSP em 2019.

Depois de um 2019 promissor, que o levou ao 11º lugar geral, o húngaro agora une-se à OXXO Hungary Yamaha Team Toth para 2020. “Estou empolgado por poder competir novamente com o Team Toth”, disse Sebestyen. “Ambos somos extremamente motivados e queremos ter sucesso. Quero agradecer à Honda PRT e Simon Buckmaster por esse ano e meio juntos, pois pude aprender muito com eles. Não acho que mudar para a Yamaha signifique conseguir bons resultados imediatamente. Temos que trabalhar duro, mas sei que terei uma equipa fantástica ao meu redor, por isso tenho certeza de que poderei dar um passo à frente na série ”.

O gestor do Team Toth e ex-piloto das 125 Imre Toth, acrescentou: “Estou satisfeito com esta nova colaboração. É um novo projeto dinâmico com melhores conhecimentos técnicos. No ano passado, conseguimos bons resultados com a YART. Peter está em ótima forma e, com a sua experiência e com este pacote, tenho certeza de que ele terá o potencial de obter grande sucesso. A nossa programação está concluída. Mal posso esperar para começar a nova temporada com Peter e Loris “.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Mundial Supersport
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png