EWC, 24h Le Mans: Suzuki repete sucesso do ano passado

Por a 17 Abril 2022 19:16

Com um desempenho magnífico, a equipa da Suzuki Yoshimura SERT conquistou a vitória na corrida de 24 horas em Le Mans. Para o fabricante japonês foi a 14ª vitória no tradicional evento de Le Mans.

Os concorrentes encontraram condições perfeitas para o início da temporada do Mundial de Endurance 2022 em Le Mans. Durante o dia o termómetro subiu para mais de 20 graus e à noite não esfriou mais do que 8 graus, o que é bastante notável para uma corrida em abril. Em termos desportivos, as equipas FCC TSR Honda, YART-Yamaha e Yoshimura SERT fizeram as principais manchetes.

Filme da corrida

Josh Hook, Mike di Meglio e Gino Rea mostraram um ritmo impressionante no início da corrida de 24 horas no Circuito Bugatti. A equipa de fábrica da Honda lutou pela liderança com a Suzuki por muito tempo, mas sofreu contratempos na noite de sábado e na manhã de domingo devido a problemas e uma queda. No final, ficaram com um forte terceiro lugar.

Na frente, um grande duelo entre a Suzuki e Yamaha emergiu na longa noite de Le Mans. A YART Yamaha largou da pole position, mas Karel Hanika fez a R1 mexer-se tarde demais e ficar no final do pelotão. Empreendeu depois uma brilhante corrida a recuperar do atraso, avançando depois a equipa da Áustria para o segundo lugar, mantendo essa posição até ao cair da bandeira quadriculada caiu. No final, Niccolo Canepa e Karel Hanika tiveram todos os motivos para estarem felizes com o resultado.

Embora a Yamaha tenha conseguido manter a pressão sobre a Yoshimura SERT Motul, não conseguiram desafiar seriamente a atual equipa campeã do mundo. Sylvain Guintoli teve que empurrar a GSX-R de volta aos boxes uma vez que na noite de sábado ficou sem combustível, mas fora esse contratempo a equipa de Hamamatsu não teve problemas. Guintoli, Gregg Black e Xavier Simeon acabaram por vencer a 45ª edição das 24 Horas de Le Mans por uma margem de uma volta sobre a YART Yamaha.  O resultado reflectiu o profissionalismo de Yoshimura SERT Motul e uma preparação meticulosa durante 24 horas desafiantes, uma abordagem que era visível para cima e para baixo do pitlane como um esforço humano incansável. “É uma vitória incrível e muito mais difícil do que no ano passado”, disse o francês de origem britânica Black, que foi capaz de dar o tradicional começo de corrida apesar de ter partido o calcanhar durante o Pré-Teste de Le Mans no mês passado. “As outras equipas eram muito, muito fortes, por isso tivemos de continuar a dar o nosso melhor durante 24 horas, por isso as manobras foram intensas, rápidas e o ritmo foi absolutamente incrível. Os meus companheiros de equipa fizeram um excelente trabalho, estamos realmente felizes e orgulhosos”.

Depois de alguns incidentes, a equipa de fábrica da Ducati terminou a corrida em 15º lugar da geral, mas Philipp Öttl, Xavi Fores e David Checa conseguiram pontos importante pelo lugar 7 no EWC. A equipa SRC Kawasaki terminou em 18º, enquanto a equipa de fábrica da BMW (Reiterberger, Mikhalchik, Guarnoni) foi obrigada a abandonar cedo a corrida.

Várias equipas de Superstock terminaram logo atrás das três equipas de fábrica da Suzuki, Yamaha e Honda no resultado geral. A vitória nesta categoria foi para Philipp Steinmayr, Baptiste Guittet e Hugo Clere do Team 18 Sapeurs Pompiers após um desempenho tremendo. Os “bombeiros” ainda tiveram alguns problemas técnicos no sábado e caíram para o 25º lugar. No final, porém, o ritmo do trio foi tão forte que ninguém os conseguiu igualar. Em segundo lugar ficou a No Limits Motor Team (Suzuki) e o terceiro lugar foi para a equipa Honda National Motos com os dois suíços Valentin e Sebastian Suchet, bem como Guillaume Raymond. A equipa suiça Bolliger impressionou com o seu desempenho. A equipa privada de Kevin Bolliger, que este ano celebra o seu 40º aniversário no Campeonato do Mundo de Endurance, geriu toda a prova sem grandes problemas e acabou por ficar em 8º lugar com a sua nova Kawasaki.

A próxima prova do EWC está marcada para os dias 4 e 5 de junho no circuito belga de SPA Francorchamps, outra prova de 24 horas.

Classificação do Mundial de Resistência (após 1 prova):

1º Yoshimura SERT Motul Suzuki, 63 pontos

2º YART Yamaha Official Team EWC, 55

3º F.C.C. TSR Honda France, 49

4º Team Bolliger Switzerland Kawasaki, 35

5º TATI TEAM BERINGER RACING Kawasaki, 28

6º Team LRP Poland BMW, 26

7º ERC Endurance Ducati, 23

8º WEBIKE SRC KAWASAKI FRANCE, 22

9º TEAM GT ENDURANCE Yamaha, 15

10º VILTAIS RACING IGOL Yamaha, 13

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x