Endurance, 8H de Suzuka: Kawasaki ganha a corrida e o Mundial!

Por a 28 Julho 2019 11:48

Num volte-face ao resultado anunciado originalmente, a organização deu a vitória à equipa Kawasaki Nº 10 de rea/Haslam/Razgatlioglu, que primeiro ficara fora dos resultados quando Rea caiu a escassos minutos do final.

A última meia hora da prova foi frenética… Jonathan Rea encetou o seu último turno com a clara missão de levar a Kawasaki Nº 10 à vitória e em breve tinha uma volta de avanço, mas com o cansaço a começar a levar as equipa de trás a erros mais frequentes, escapou por pouco quando um concorrente atrasado caiu mesmo à sua frente ao pisar uma peça que outra moto tinha deixado cair na pista. O Irlandês teve de passar na linha branca à justa para evitar a moto caída.

Entretanto, até o segundo lugar da Honda Nº 33 de Takahashi podia estar ameaçado, pois na Yamaha 21 Lowes vinha fazendo uma recuperação de última hora e estava a 21 segundos, passando para 2º a 26 minutos do final.

No entanto, a Kawasaki liderava confortavelmente, já com os faróis em pleno uso, mesmo na iminência de chuva, que começou a abater-se fininha sobre o traçado a 20 minutos do final, e se uma vitória da Kawasaki seria apenas a segunda para a marca desde Scott Russell e Aaron Slight em 1993, o título mundial iria para a Suzuki da SERT em 11º, já que a rival teórica da Kawasaki SCR nem aparecia nos primeiros 15, mas a Suzuki ainda tinha de fazer uma paragem, que poderia alterar as coisas…

De facto, a número 2 regressou à pista numa posição que lhe garantia o título mundial por um ponto sobre a Kawasaki, quando a 5 minutos do fim, rebenta o motor… Gregg Black é obrigado a desistir com o motor envolto em fumo a 2 voltas do título Mundial, que assim vai para a Kawasaki SCR, em que David Checa vem a acabar a prova!

Porém, o drama não estava acabado, pois a 1 minuto do final, Rea cai no molhado, ou nalgum óleo entornado pela Suzuki, e causa a mostra da bandeira vermelha… já após declarar a Yamaha como vencedora, a organização muda de opinião e dá a vitória à Kawasaki , com os próprios pilotos Yamaha a declarar que não mereciam a vitória, porque tinham cometido muitos erros nos reabastecimentos e a Kawasaki estava mais rápida, mas… uma vitória é uma vitória!.

No entanto,  Lowes soube imprimir um ritmo forte no final, aproveitando uma baixa de rendimento da Honda, para se colocar em segundo.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Endurance
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png