Martim Ventura, Baja Portalegre: ”Teria claramente ganho se não fosse a penalização”

Por a 2 Novembro 2022 19:53

Martim Ventura travou uma animada disputa pelo primeiro lugar de pódio na emblemática Baja Portalegre 500 e, embora tenha vencido o derradeiro setor seletivo de 350 km que se disputou no sábado, ficou a um escasso décimo de segundo de alcançar a tão ambicionada vitória. 

Este ano a disputar pela primeira vez a classe TT2, Martim Ventura, que já no final de setembro conquistou a sua primeira vitória absoluta em provas do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno e o título de campeão entre os juniores, revelou que “foi uma boa Baja. Teria claramente ganho se não fossem os dois minutos de penalização que levei no primeiro dia. Por um décimo de segundo, perdi, e em Portalegre, que não é uma prova qualquer. Fiquei bastante frustrado. Sabia que tinha de recuperar no dia seguinte.”

“Duvidei de mim, mas limitei-me sempre a acelerar. Cheguei a alcançar o António Maio, mas depois cometi alguns erros, também por alguma falta de experiência. Vim a perder algum tempo. Parte dele consegui recuperar, mas nem todo. Esta prova foi um enorme espetáculo para o público. Este ano foi de muita aprendizagem, tanto a nível pessoal como desportivo. Foi muito difícil para mim correr, estive sempre até à última da hora para decidir se ia às corridas ou não. Só o facto de estar à partida das provas já foi uma grande vitória e estar ao nível em que me apresentei em todas já foi muito bom. Os resultados foram muito bons” referiu o piloto da JB Racing que concluiu a prova no 2.º lugar da classe TT2.

:.

(Texto e Foto: A2 Comunicação)

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x