Dakar 2019, 4ª Etapa: Hugo Lopes abandona

Por a 10 Janeiro 2019 22:22

Hugo Lopes foi o primeiro dos 9 pilotos portugueses de motos a desistir no Dakar de 2019. A sua moto não aguentou o esforço e dureza da prova e hoje ao km 70 a avaria surgiu, não sendo possível repará-la.

Ilustre desconhecido para os adeptos nacionais, Hugo Lopes fez aos 28 anos a sua estreia no Rali Dakar. Professor de escola primária, Lopes é um emigrante na Suíça, radicado em Genebra, que iniciou a sua carreira nas duas rodas no motocross.

Cresceu de perto com Arnaud Tonus, piloto que compete atualmente no Mundial de Motocross (MXGP). Com apenas 11 anos, em 2001, Hugo Lopes foi vice-campeão suíço de motocross na categoria de 65 cc.

Na sua carreira conta igualmente com três presenças no famoso Enduro de Touquet, enquanto nas grandes maratonas esteve, em 2017, presente no Rali de Marrocos onde terminou no 40º posto. Agora lança-se ao Dakar aos comandos de uma KTM inscrita na classe ‘Malle’, o que significa que durante a corrida terá de ser o próprio a prestar assistência à sua moto.

“Sempre foi uma tradição ver com o meu pai, na televisão, o Dakar, em janeiro, e o Enduro de Touquet, em fevereiro. Por isso um dia disse que teria de participar nestas duas provas. Já estive por três vezes no Enduro de Touquet e agora é a vez de estar no Dakar. É um sonho de criança que será realizado”, afirmava Hugo Lopes.

Fazer o Dakar é um sonho cumprido, terminá-lo terá que ficar para uma próxima tentativa, mas é este o espirito da prova mais dura do mundo.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas TT
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png