Baja Portalegre, Final: António Maio bate Martim Ventura por 1 décima de segundo!!! 

Por a 29 Outubro 2022 14:57

A 36.ª edição da Baja Portalegre 500 foi o palco da mais disputada luta pela vitória de todos os tempos!

Na sexta-feiraAntónio Maio foi o mais rápido no somatório do prólogo com o SS2 – num total de 65 kms disputados nesse dia – mas apenas com 10 segundos de vantagem sobre Martim Ventura.

No entanto, o n.º 84 seria penalizado em 2 minutos por ter excedido a velocidade máxima numa zona controlada. Os dois pilotos Yamaha foram então para a etapa de sábado separados por 2m10s e com Gustavo Gaudêncio e Miguel Castro entre eles.

Ventura arrancou para os 350 km do SS3 completamente “de faca nos dentes”! O jovem ganhou 42 segundos a Maio nos primeiros 65 km, outros 15 segundos até ao km 115 e uns impressionantes 1m55s à chegada ao km 202!

A “resposta” do alentejano estava guardada para a segunda metade da corrida! Ao km 239, o major GNR ganhou 26 segundos a Ventura e mais 6 segundos ao km 299 km!

Os dois entraram nos últimos 50 km da prova separados somente por 6,9 segundos na classificação geral, com vantagem para MV!

Tirando partido de toda a sua experiência, António Maio foi o mais forte na reta final da mítica corrida e bateu Martim Ventura com 1 décima de segundo de vantagem!

Sim, leu bem! 1 décima de segundo entre o 1.º e o 2.º classificado na Baja Portalegre 500 de 2022!

Miguel Castro foi o autor de uma forte fase final, superando Daniel Jordão e Tomás Clemente para alcançar um excelente 4.º lugar.

Jordão tinha atravessado o Algarve em bicicleta na semana anterior mas teve forças para fechar o Top 5 enquanto que Clemente foi melhor representante da classe TT1 na frente de João Duarte.

O lote dos 10 primeiros ficou completo com os veteranos Fernando Ferreira e João Rato.

Classificação final da Baja Portalegre 500

  1. António Maio, Yamaha, 5h07m53s1
  2. Martim Ventura, Yamaha, 5h07m53s2
  3. Gustavo Gaudêncio, Honda, 5h15m21s6
  4. Miguel Castro, KTM, 5h19m23s2
  5. Daniel Jordão, Husqvarna, 5h21m32s4
  6. Tomás Clemente, GasGas, 5h23m14s7
  7. João Duarte, Fantic, 5h25m40s0
  8. Diogo Ventura, Beta, 5h28m58s8
  9. Fernando Ferreira, Fantic, 5h31m44s9
  10. João Rato, Yamaha, 5h32m30s3
  11. Paulo Santos, Honda, 5h33m18s3
  12. Mário Patrão, KTM, 5h34m05s8
  13. Salvador Amaral, Honda, 5h34m33s8
  14. Tomás Dias, GasGas, 5h37m48s1
  15. Carlos Cardoso, Suzuki, 5h47m03s1

:.

(Foto: Rúben Colaço)

0 0 votes
Article Rating
This site uses User Verification plugin to reduce spam. See how your comment data is processed.
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x