MotoGP: Lorenzo “vai lutar para voltar” no GP da República Checa

Por a 11 Julho 2019 11:03

O fim-de-semana na Alemanha não poderia ter sido melhor para a Repsol Honda Team e a HRC, em geral, visto que Marc Marquez completou uma década de domínio em Sachsenring. Já para não falar de Cal Crutchlow, da LCR Honda Castrol, que conquistou o segundo pódio da temporada. Para além disso, tiveram ainda um piloto a participar no seu GP de casa, Stefan Bradl, que terminou na 10ª posição. Ora, dado todo o sucesso alcançado no traçado alemão, já seria de esperar que o Director Desportivo da Repsol Honda, Alberto Puig, tivesse considerado que “o fim-de-semana de Sachsenring foi definitivamente positivo”.

No entanto, como já sabemos, faltava um piloto na garagem da Repsol Honda. Jorge Lorenzo não participou no Grande Prémio da Alemanha pois, encontrava-se ainda a recuperar da lesão na coluna que resultou do acidente a alta velocidade que sofreu em Assen.

As dificuldades que o piloto mostrou logo a seguir ao acidente adivinharam uma lesão que o colocaria fora do GP da Alemanha.

Porém, Puig está confiante de que o piloto espanhol estará de volta à pista já em Brno.

“Quanto ao Jorge Lorenzo, desejamos que o tenha uma boa e rápida recuperação e que se junte a nós em Brno. A equipa está à sua espera. Certamente, recuperar da lesão não é uma tarefa fácil, mas sabemos que no seu coração está um campeão e ele vai lutar para estar de volta em boa forma e com motivação renovada “.

Enquanto isso, as férias de verão deram a toda a equipa da Honda a oportunidade de se preparar para segunda metade da temporada, com a Puig a alertar para o facto de que a mais pequena desconcentração ou um momento de complacência pode mudar rapidamente a dinâmica do Campeonato do Mundo de MotoGP.

“Olhamos sempre para o futuro e continuamos a trabalhar para isso. Agora, durante as férias de verão, certamente vamos pensar onde ainda podemos melhorar, tendo em mente o mesmo objetivo para Brno, que é ganhar a corrida. Esse é sempre o nosso objectivo. Temos que ir para Brno, fingindo que temos 0 pontos de vantagem.Com certeza, o piloto e os engenheiros no Japão agora terão tempo para relaxar um pouco e recarregar as suas baterias para estarem prontos e focados para a próxima corrida e para o resto da temporada “.

 

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Newsletter
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png