MotoGP, Treinos: O que as equipas procuraram, II

Por a 27 Novembro 2019 16:30

Lucio Cecchinello, Honda LCR :

“Se vos disser segredos, eles matam-me… A sério, estivemos a testar alguns componentes de chassis e uma nova especificação de travões… Temos estado apenas a trabalhar na moto de 2019.”

“Decidimos concentra-nos da moto de 2019 porque estamos à procura de um tipo de feedback específico nalguns componentes do chassis e queremos ter a certeza absoluta de como funcionam no pacote de base da moto, que é o que conhecemos melhor!”

Davide Brivio, Suzuki Ecstar:

“Quando temos oportunidade de realizar um teste assim, também se torna muito importante realizar testes comparativos, verificar coisas de novo, sem nos apressarmos e sem a pressão de chegar a conclusões precipitadas…”

“Isto é muito importante, porque quando chegarmos ao fim deste teste, teremos de tomar decisões quanto ao motor para 2020… Para já parece bem, estamos contentes com a versão de 2020, mas as decisões tem de ser tomadas agora para estarmos prontos com as primeiras unidades para a primeira corrida da época…”

Hervé Poncharal, KTM Red Bull Tech3:

“Basicamente, até à hora de almoço, fomos fazendo surtidas em que os tempos foram baixando, as voltas foram ficando cada vez mais rápidas…”

“Nem temos nada para testar como tal, a moto está com a configuração de 2019 e isso é mais que suficiente para fazer o que temos que fazer, que é dar ao Iker (Lecuona) a possibilidade de aprender a moto e se familiarizar com o que tem que fazer para afinar a seu gosto uma moto de MotoGP…”

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png