MotoGP, Márquez: “não tomo nada como garantido” em Brno

Por a 31 Julho 2019 15:30

A primeira metade da temporada não poderia ter corrido melhor para Marc Márquez da Honda Repsol. Uma vantagem de 58 pontos antes das férias de verão foi mais do que ele esperava no começo da temporada… agora, no Grande Prémio da República Checa, Márquez quer aumentar ainda mais a sua vantagem no topo da tabela.

Descontando o deslize na América, quando caiu, o número 93 reivindicou 1º ou 2º em todas as corridas nesta temporada. Tem sido um ano assustadoramente consistente para o sete vezes campeão, mas ele não teve tudo a seu gosto no Automotodrom Brno no passado, com vitórias em solo Checo em apenas duas ocasiões na categoria rainha.

A última delas foi em 2017, quando ele dominou a corrida de bandeira a bandeira, enquanto em 2013 o então rookie o bateu seu companheiro de equipa Dani Pedrosa para conseguir a vitória.

Márquez garantiu 3º em Brno na última temporada, terminando atrás das Ducati de Andrea Dovizioso e do agora seu companheiro de equipa Jorge Lorenzo.

Um resultado repetido não seria mau, mas o já vencedor de 75 Grand Prix sem dúvida vai estar procurando a vitória número seis da temporada, mesmo sabendo que não será fácil.

“Estou muito animado para voltar à moto”, começou Márquez por dizer. “As férias de verão são sempre agradáveis ​​para relaxar um pouco e ver amigos e família, mas logo se sente falta da equipa e da moto! Estou pronto para voltar ao trabalho e Brno é um circuito divertido de pilotar.

“Nós terminámos a primeira metade da temporada de uma forma muito forte e agora devemos manter o nosso foco para continuar. No entanto, Brno é um circuito onde muitos pilotos são fortes, por isso não podemos tomar nada como garantido. Por outro lado, espero que a recuperação do Jorge esteja indo bem e que em breve o tenhamos de volta na equipa.”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x