MotoGP, 2022, Indonésia, Álex Márquez identifica “ponto mais fraco” da LCR

Por a 16 Março 2022 16:56

Depois de um fim de semana no Qatar que valeu um décimo lugar a Takaaki Nakagami e um DNF a Álex Márquez, os pilotos da LCR Honda querem voltar à ação em Mandalika. Ambos estão entusiasmados para regressar a um local onde já se disputaram os testes de pré-época, sendo que Márquez identificou mesmo aquilo que é mais importante melhorar para que a mota seja competitiva.

“Estou entusiasmado para correr este fim de semana em Mandalika e vai ser fantástico ver todos os adeptos indonésios. Tivemos um bom teste de inverno na pista no mês passado e eu adoro o traçado. É fantástico conduzir uma mota de MotoGP lá, por isso, estou super entusiasmado e espero ter um grande fim de semana, com uma corrida forte no domingo”, disse Nakagami.

“Vamos para a segunda corrida de 2022 depois de um mau resultado no Qatar – uma queda – mas, no geral, demos um bom passo no domingo. Todos vão estar prontos para esta primeira corrida em Mandalika porque testámos aqui há um mês, a diferença nas condições vai ser mínima. Vai ser interessante ver como podemos melhorar. O que precisamos de melhorar é o nosso ponto mais fraco, que é a viragem a meio das curvas. Se conseguirmos melhorar isso, vai ser um passo muito importante para a nossa performance. Vamos tentar o melhor desde o início e desfrutar do que acho que vai ser um GP muito especial com todos os adeptos indonésios”, referiu Márquez.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x