MotoGP, 2021, Misano: Marc Márquez já testou Honda RVC de 2022

Por a 22 Setembro 2021 14:00

Depois de uma manhã húmida no Teste Oficial de Misano MotoGP de 2021, as condições melhoraram permitindo uma tarde ocupada e intrigante de testes, em especial para a HRC

O vencedor do GP de San Marino Francesco Bagnaia (Ducati Lenovo Team) terminou como o mais rápido sobre Pol Espargaró (Honda Repsol) e Aleix Espargaró (Aprilia Racing Team Gresini) ontem, mas o Dia 1 foi muito mais do que apenas os tempos por volta.

Marc Márquez (Honda Repsol), bem como o piloto de testes Stefan Bradl, teve oportunidade de testar uma moto que parece ser a evolução de 2022, com aerodinâmica totalmente nova e, aparentemente, um novo quadro também.

Márquez descreveu o Teste de Misano como “muito importante” para a HRC, com o oito-vezes Campeão Mundial, como muitos pilotos, a esperar compreensivelmente até à tarde para conseguir algumas voltas no seco, o número 93 a tirar o máximo partido das melhores condições para conseguir algumas voltas com a nova moto.

As diferenças, que podem ser claramente vistas na nova Honda, são a forma atualizada da entrada de ar à frente, a unidade de cauda, aparentemente mais esguia e o escape. É uma Honda muito diferente do que nos habituámos a ver em MotoGP, um sinal de que a HRC está a fazer tudo ao seu alcance para trazer um pacote muito melhorado para a mesa em 2022.

Marc Márquez completou 46 voltas à tarde e terminou em 15º, com Pol Espargaró e o quarto lugar Takaaki Nakagami (Honda LCR Idemitsu) a definirem as suas voltas mais rápidas do dia nas suas 63ª e 57ª voltas, respetivamente.

Alex Márquez (Honda LCR Castrol) realizou 55 voltas, terminando em 17º lugar.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x