MotoGP, 2021, Estíria: Altos e baixos no regresso de Crutchlow

Por a 10 Agosto 2021 18:30

Cal Crutchlow  foi outro piloto regressado como substituto na Yamaha Petronas dada a continuada ausência de Morbidelli

Parti o aparelho de arranque, e tive um grande problema no começo da corrida!”


O inglês, que não se sentava numa moto desde Abril tendo falhado alguns testes planeados, como declarou aqui antes dos treinos, quase passou despercebido na corrida e teve isto a dizer:

“Correu OK, para dizer a verdade, no primeiro arranque, parti o aparelho de arranque, e tive um grande problema no começo da corrida, porque parti o gatilho do disparador do aparelho, e a moto ficou comprimida, que foi claro, minha culpa ter por ter partido a manete… eu não percebi o que estava a acontecer na moto, olhava para um lado e para o outro e entretanto já estava 5 segundos atrás do último, e depois aconteceu a bandeira vermelha!”

“Quando fui para o novo arranque, desta vez foi a embraiagem a patinar..:!”

“De qualquer modo, consegui entrar num bom ritmo, estava contente com a minha corrida, também tivemos um problema com o desgaste do pneu traseiro que perdeu uma data de borracha, por isso acabei por estar só às voltas para acabar…”

“Porém, no fim, foi bom cumprir a distância de corrida e obter muita informação, que agora podemos analisar, acho que teríamos sido melhor se não temos tido aquele problema com o pneu traseiro.”

“Não percebemos o que é que o causou neste momento, só sabemos que uma data de material se separou do pneu, mas foi divertido estar de novo em corrida !”

“As primeiras voltas foi uma confusão, porque normalmente, como piloto de testes agora, estou sozinho em Pista, quando chego a andar de todo!”

“Não foi mau para um intervalo de cinco meses e estou ansioso para alinhar na próxima agora, com a equipa Petronas SRT!”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x