Moto2 – Eskil Suter: “Danny Kent não deveria ter abandonado a Kiefer”

Por a 17 Maio 2017 13:06

Poucos momentos após o Grande Prémio das América, Danny Kent, anunciou a sua saída da Kiefer Racing devido a “divergências insanáveis’ com o conjunto alemão. Quem parece não ter gostado muito desta decisão foi Eskil Suter, antigo piloto e patrão do fabricante das Suter (moto que Danny Kent pilotava em Moto2).

“É difícil de entender o que aconteceu. O Danny não deveria ter feito o que fez, porque por norma tem de se passar por momentos complicados com uma equipa. Para mim, quando neste desporto se toma uma decisão, toma-se para toda a temporada, que nem é assim tão longa. Se a decisão tomada foi errada então é o melhor a fazer é aguentar o que resta da temporada e depois sim, tentar encontrar algo melhor para o ano seguinte”, entende o suíço.

Suter referiu ainda que durante a pré-época, Kent foi “muito rápido nos testes de Jerez.  Esteve entre os mais rápidos e tinha grandes esperanças quanto ao seu desempenho durante a época, pois via-o como o nosso melhor piloto. Pensava que se o Danny conseguisse encontrar-se podia mesmo chegar ao pódio. Disse-me que não tinha problemas com a moto, e que acredita que esta tem um grande potencial. Também me disse que tinha perdido a motivação com a equipa”.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Moto GP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x