Dakar 2018: Quatro portugueses nos inscritos

Por a 7 Novembro 2017 18:55

Foi hoje divulgada a lista provisória de pilotos que estão inscritos na próxima edição do Dakar, que arranca no dia 6 de janeiro de 2018 em Lima, capital do Peru, e termina a 20 de janeiro em Córdoba já na Argentina.

Ao contrário do que sucedeu no ano passado, onde foram 11 (número recorde) os pilotos portugueses em competição desta feita o contingente luso foi reduzido em mais de metade. À partida da 40ª edição da maior prova de todo-o-terreno do mundo estarão quatro pilotos portugueses: Paulo Gonçalves #6, Joaquim Rodrigues #26, Mário Patrão #30 e Fausto Mota #56, sendo que nenhum deles é estreante.

Gonçalves estará novamente ao serviço da Honda Racing Corporation e como sempre será um dos candidatos à vitória, que há tanto que persegue. Já Joaquim Rodrigues vai para a sua segunda participação no Dakar, depois de em 2017 ter sido o segundo melhor estreante e apenas uma malfadada penalização ter tirado a hipótese, já após a prova estar concluída, de ficar entre os 10 primeiros. Tal como em 2017 o piloto de Barcelos representará a Hero MotoSports, que vai a jogo com uma moto nova, estreada no Rali de Marrocos.

Aos comandos da nova KTM 450 Rally, Mário Patrão vai para a sexta participação no Dakar, onde em 2016 venceu a classe Maratona, enquanto Fausto Mota parte para a sua terceira presença na grande maratona do todo-o-terreno mundial. Desta feita, Mota não tripulará uma Yamaha, mas sim a PKL450, novo projecto que já esteve presente na Baja Portalegre 500.

No plano das ausências o destaque vai para Hélder Rodrigues, figura de referência neste tipo de provas e que nos últimos 11 anos esteve sempre à partida do Dakar e com resultados muito positivos. Também o experiente Pedro Bianchi Prata, outro piloto que habitualmente também está presente na prova organizada pela ASO (Amaury Sport Organisation), não consta desta lista.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Destaque Homepage
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png