SBK, Lombok, Corrida 1: Toprak Razgatlioglu campeão do mundo!

Por a 21 Novembro 2021 12:40

Jonathan Rea venceu a primeira corrida das Superbike no novo Circuito Mandalika, mas o segundo lugar de Toprak Razgatlioglu foi o suficiente para o campeonato do mundo ser dicidido a favor do piloto turco da Yamaha.

Com o título do Campeonato do Mundo de Superbike em jogo, os pilotos foram para o Pertamina Mandalika International Street Circuit para uma sessão de aquecimento de 15 minutos. Com tempos cada vez mais rápidos em pista após a chuva torrencial de sábado, Jonathan Rea liderou a sessão matinal do Warm-Up. O piloto do Team Kawasaki assinou uma volta de 1m34,873s, Scott Redding (Ducati) alcançou o segundo melhor tempo na frente do líder do campeonato Toprak Razgatlioglu (Yamaha).

Três horas depois Rea fez o que tinha de fazer: venceu numa espetacular Corrida 1 do WorldSBK, contúdo o segundo lugar de Toprak Razgatlioglu foi o suficiente para o turco festejar o seu primeiro título mundial nas motos derivadas de produção. Mas a batalha na ilha de Lombok foi incrível.

Um segundo lugar bastaria para consagrar Razgatlioglu

Devido a alguma chuva ter caído antes do início da Corrida 1, esta foi atrasada e reduzida para 20 voltas das 21 originais. Na grelha de partida das Superbike, Toprak Razgatlioglu estava relaxado na sua moto. O piloto da Yamaha partia para a primeira corrida da posição de pole, com Rea e Redding a completaram a primeira linha. Alex Lowes (Kawasaki) e Leon Haslam (Honda) devido às suas recentes lesões e consequente cirurgias não puderam alinhar na penúltima corrida do Mundial de Superbike de 2021.

Pouco antes da largada, foi reportada chuva fraca no Setor 1 e 4, motivo pelo qual a largada da prova foi adiada por alguns minutos por precaução e foi realizada uma volta de inspeção adicional. Razgatlioglu quase caiu numa superfície pintada do asfalto. Alguns pilotos trocaram então os slick por pneus de chuva. Os pré-requisitos para Razgatlioglu chegar ao título nas motos mais próximas da produção eram fáceis de assimilar: bastaria ao turco ficar num lugar imediatamente atrás de Rea para se sagrar campeão mundial, mesmo que o irlandês vencesse.

A corrida foi emocionante e turbulenta até a última volta. Razgatlioglu, Rea e Redding lutaram no topo, às vezes complementados pelo estreante Axel Bassani (Ducati). Os 3 primeiros colocados do ranking revezaram-se várias vezes na liderança, mas as manobras de ultrapassagem sempre foram justas e respeitosas. A três voltas do final, Rea procurou a decisão e venceu. Na batalha pelo segundo lugar, Razgatlioglu venceu Redding e conquistou o título. A estrela da Yamaha voltou ao pit-lane já como campeão, com um fato de couro dourado e um capacete também dourado, pondo termo ao longo reinado de Jonathan Rea, seis vezes campeão mundial nas Superbike.  Scott Redding ficou em terceiro com a Ducati da aruba.it.

Nos momentos finais da corrida, Bassani que chegou passar pelo primeiro lugar ficou atrás de Andrea Locatelli (Yamaha) na 5ª posição. A melhor BMW foi a de Michael van der Mark no 6º lugar e a apenas 0,1 segundos do holandês ficou Álvaro Bautista, garantindo o melhor resultado para a Honda com um sétimo lugar.

Mas, defenitivamente, quem tinha razões para sorrir e dar largas à sua alegria era o turco Toprak Razgatloglu, o novo campeão do mundo com a moto da Pata Yamaha with Brixx WorldSBK.

0 0 votes
Article Rating
4 Comentários
antigo
recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
5 meses atrás

3baltimore

trackback
5 meses atrás

free x rated slots https://2-free-slots.com/

trackback
5 meses atrás

free classic 7s slots https://freeonlneslotmachine.com/

Ensaios
últimas Motosport
Motomais
4
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x