SBK, 2021, Teste Jerez: Gerloff domina o primeiro dia

Por a 18 Novembro 2020 13:30

A nova estrela americana Gerloff liderou o dia de abertura do teste de Jerez, com apenas um segundo a separar os oito melhores

O primeiro dia de testes no Circuito de Jerez–Angel Nieto chegou ao fim na terça-feira, com dez pilotos a participarem num teste de dois dias em Espanha, à medida que os preparativos começam a ganhar forma para o Campeonato do Mundo de Superbike de 2021.

Os rookies conseguiram testar as suas máquinas para a próxima temporada pela primeira vez, enquanto rostos familiares se familiarizaram com novas peças nas suas motos.

Garrett Gerloff (GRT Yamaha Junior Team) marcou o primeiro dia, ao utilizar uma máquina de 2020 que lhe deu uma melhor sensação frontal, mais aderência e melhor contacto em comparação com a máquina de 2019 que usou ao longo de 2020.

Com o norte-americano a acreditar que se sentia mais suave na moto, foi acompanhado pela primeira vez pelo novo colega de equipa Kohta Nozane, o piloto japonês a conseguir testar pela primeira vez uma máquina de SBK;

Nozane (3) mostrou melhoria contínua ao longo do dia, pois completou bem mais de 70 voltas.

O campeão Jonathan Rea da Kawasaki Racing (abaixo) terminou o dia no segundo lugar.

Apesar de sofrer um problema no início do dia na Curva 12, o seis-vezes campeão foi capaz de voltar à pista pouco depois. O colega de equipa Alex Lowes (abaixo) também sofreu um problema, mas regressou, acabando por terminar no quinto lugar.

O teste da Equipa HRC envolveu a conclusão de um teste para a Pirelli, em pneus que têm características diferentes dos pneus anteriormente utilizados.

O dia de abertura de Álvaro Bautista foi comprometido por uma queda na Curva 9 durante a tarde, embora só tenha estado na boxe por pouco tempo antes de regressar à pista.

O piloto espanhol estabeleceu o sexto melhor tempo do dia, enquanto o colega de equipa Leon Haslam ficou logo à frente no quinto lugar, com a dupla separada por apenas meia décima.

A Yamaha Pata focou-se na preparação para 2021, com a moto descrita como “bastante positiva” a partir da garagem de Toprak Razgatlioglu, (54) visando melhorar a travagem da moto e do motor, ao lado de novas pinças da Brembo.

A sensação turca foi acompanhada pela primeira vez pelo novo companheiro de equipa Andrea Locatelli, (55) com o campeão mundial de SSP de 2020 a fazer mais de 70 voltas ao lado de Razgatlioglu pela primeira vez.

Loris Cresson (Outdo Kawasaki TPR) também sofreu uma queda durante a tarde na Curva 6, depois de completar umas impressionantes 72 voltas ao longo do dia, com o piloto belga a terminar em último na classificação dos 11 pilotos de SBK. Cresson vai para o dia de hoje com o objetivo de completar voltas enquanto continua a adaptar-se à máquina de SBK.

Isaac Viñales da Orelac Racing VerdNatura teve sensações positivas, ao completar 74 voltas e terminar o dia no nono lugar apesar de ter usado peças antigas na sua Kawasaki ZX-10RR.

Lucas Mahias, (44) que permaneceu na Kawasaki Puccetti Racing é o quarto piloto a subir às SBK das SSP e a fazer 66 voltas ao longo do dia, apesar da sua frente a derrapar na inserção  em curva.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x