SBK, 2021, Magny-Cours: Razgatlioğlu irritado devolveu o Troféu

Por a 7 Setembro 2021 14:00

Ainda vai correr muita tinta acerca do recente episódio em que Rea “fez queixinhas” de Toprak Razgatlioğlu ter pisado a linha verde na última volta da Corrida Superpole

“Fui pessoalmente à boxe da Kawasaki entregar o troféu!”

Toprak Razgatlioğlu

O protesto formal de Guim Roda da Kawasaki obrigou a Direção de prova a rever os vídeos de bordo da Kawasaki, aonde se pode ver que, de facto, metade do pneu traseiro da Yamaha do turco pisa durante cerca de 30cm a zona verde da pista. Como consequência, o Turco baixou um lugar e Rea foi declarado vencedor… mas a relação de amizade entre ambos pode nunca mais ser igual!

Toprak Razgatlioglu diz que prefere rir que chorar, mas dificilmente se esquecerá deste episódio.

Esta é a segunda vez na sua carreira que Razgatlioglu tem um desentendimento com o pessoal da Kawasaki. A primeira vez que foi piloto da Kawasaki nas SBK, durante as 8 Horas de Suzuka, não ficou contente por ter ficado de aldo como piloto de reserva e não lhe terem pedido para partilhar a ZX10R com Jonathan Rea.

Um sentimento de descrédito endossado pelo seu manager Sofuoglu, que depois bateu à porta da Yamaha, que a abriu de par em par para acolher o talentoso Toprak.

Agora, a controvérsia regressou, nascida de uma queixa da Kawasaki contra Razgatlioğlu, que acabou por ser sancionado por ter tocado, ainda que ligeiramente, na parte verde da pista de Magny Cours na última volta da corrida Superpole.

Quatro horas após a celebração, a sua vitória foi-lhe retirada e dada ao seu rival da Ninja.

Um episódio que irritou toda a gente, a começar pela Yamaha.

Razgatlioğlu comentou com ironia: “Se eles são felizes assim, tudo bem, prefiro rir-me disso”.

“Fui pessoalmente à garagem da Kawasaki para entregar o troféu da vitória na Superpole, dei-lhes este prazer” disse o líder do Campeonato do Mundo. “Compreendo que eles precisam de pontos, mas nem sequer penso nisso. Se eles são felizes assim, tudo bem, prefiro rir-me disso. Nem sequer penso nos pontos.” “Nunca tinha ganho três corridas num fim-de-semana, já o fiz e estou bem com isso”.

O chefe da Yamaha Paul Denning usou palavras mais explícitas: “Se a Kawasaki vai jogar assim, de agora em diante, o clima no paddock irá mudar drasticamente”.

5 1 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x