SBK, 2020: Americano Beaubier para substituir v d Mark?

Por a 3 Julho 2020 16:00

Jovem piloto promissor, Beaubier impressionou durante a temporada de 2007 da Red Bull Rookies Cup, que encontrou alguns pilotos no palco internacional antes de regressar aos EUA. Já o ano passado se falava num possível ingresso no Mundial que afinal se concretizou com Garett Gerloff.

Agora, com talento comprovado em solo doméstico, já com 3 vitórias de 4 corridas em 2020, Beaubier é uma escolha fácil de fazer quando se fala de americanos para promover a um paddock como o Campeonato Mundial de SBK.

Quando discutimos as opções para a Yamaha na sequência da partida de v d Mark para a BMW, na próxima temporada no Campeonato Mundial de Superbike, o Americano surge com uma das escolhas óbvias para a Yamaha.

Diz-se que Cameron Beaubier já está em conversações com a equipa de Paul Denning, e acredita-se pelos rumores de paddock que o jovem de 25 anos está no topo da sua lista para 2021.

Talvez demasiado velho para fazer o salto para o paddock do Grande Prémio, a melhor esperança de Beaubier para deixar o paddock motoAmerica é quase certamente agora o Campeonato Mundial de Superbike.

Deixar uma equipa de corridas apoiada pela fábrica na MotoAmerica, indiscutivelmente a melhor equipa do paddock, para um destino incerto no estrangeiro é um grande pedido a fazer de um piloto de motociclismo.

Mas, como a equipa Yamaha apoiada pela fábrica é um forte candidato ao título com Razgatlioglu este ano, um novo piloto que procura deixar a sua marca nas SBK podia faze muito pior do que integrar a equipa.

Se tal acordo incluísse o apoio da Yamaha Motor USA, e a bênção da Dorna, o salto para Beaubier talvez não fosse tão grande como no passado, especialmente porque o esforço da Yamaha na MotoAmerica continua a diminuir em orçamento e no apoio de fábrica.

Aparentemente, tal jogada seria uma vitória para todas as partes envolvidas, uma vez que a MotoAmerica precisa desesperadamente de ter uma escada para fora da série para os seus pilotos de topo, em vez de a série dos EUA ser percebida como a classe onde as carreiras dos pilotos dos EUA vão acabar.

Para as Superbike também há um ganho, uma vez que a série pode beneficiar de mais americanos (e menos britânicos) dentro das suas fileiras, o que certamente ajudaria a impulsionar a venda de bilhetes e as negociações sobre direitos televisivos nos Estados Unidos.

Com a Yamaha Monster Energy a equipa mais conceituada na MotoAmerica, encontrar um jovem piloto para substituir Beaubier na equipa não é difícil, provavelmente com muitos pilotos dispostos a saltar para o lugar.

O principal candidato a ocupar o lugar de Beaubier seria JD Beach, que veio das Supersport.

Com todas as peças do puzzle aparentemente alinhadas, tudo o que resta é pôr tinta no papel. Cameron Beaubier para as SBK? Mantenham-se atentos e lembrem-se onde ouviram primeiro!

 

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png