TT: Paulo Gonçalves é 5º na vitória de Pablo Quintanilla em Abu Dhabi

Por a 29 Março 2018 10:58

Já chegou ao fim o Abu Dhabi Desert Challenge, prova que inaugurou a temporada de 2018 do Mundial de Cross Country e Ralis. Após cinco etapas marcadas por muita areia e elevadas temperaturas, o triunfo ficou nas mãos do vencedor do título mundial nos últimos dois anos, Pablo Quintanilla.

Nem mesmo o problema técnico na terceira etapa e o facto de hoje ter aberto a pista travaram o chileno que venceu duas das cinco etapas disputadas. Hoje apenas precisou de terminar em quinto para garantir um saboroso triunfo, ainda para mais depois de um Dakar que ficou marcado por muitos problemas na sua Husqvarna. Esta foi a primeira vez na sua carreira que Quintanilla venceu o evento realizado nos Emirados Árabes Unidos e ainda para mais numa corrida onde era o único piloto oficial da Husqvarna, pois só no Rali de Merzouga terá a companhia do norte-americano Andrew Short, que também esteve no Dakar de 2018.

No segundo posto ficou Sam Sunderland. O piloto britânico, mas que correu no local onde habita, ficou a 2m11s do triunfo. A queda no dia de ontem, quando era líder da corrida, foi fatal para as aspirações do homem da KT que venceu o evento em 2017. Esta foi também a corrida que marcou o regresso de Sunderland à acção, depois de ter abandonado o Dakar lesionado.

O pódio ficou completo com o melhor homem da Honda, Kevin Benavides. O argentino realizou uma prova consistente, mas nunca pareceu ter ritmo para superar a armada da KTM e a Husqvarna de Pablo Quintanilla. Mesmo assim Benavides segurou uma posição no pódio face a Matthias Walkner, que foi o vencedor da tirada de hoje, que ficou marcada por uma, sempre espectacular, partida em grupo.

O top cinco ficou completo com o ‘nosso’ Paulo Gonçalves. Regressado à competição após ter falhado o Dakar por lesão, o piloto da Honda acumulou quilómetros de modo a ganhar ‘novamente o pulso’. Tirando a queda sofrida na etapa de anteontem, Gonçalves fez uma corrida segura. Hoje foi sexto na etapa, sendo que a sua melhor classificação em tiradas foi o terceiro lugar obtido ontem, num evento no qual já saiu vencedor em 2014.

Nota ainda para Toby Price que foi sétimo. O piloto australiano esteve arredado das primeiras posições devido a uma queda logo na segunda etapa. Seguiu-se José Ignacio Cornejo que realizou a sua primeira corrida depois assinar contrato com a Honda Racing Corporation e foi o melhor júnior em prova. De referir ainda que a Honda não venceu, mas colocou cinco motos nas nove primeiras posições.

A próxima grande prova internacional de todo-o-terreno será o marroquino Rali de Merzouga, a realizar entre 15 e 20 de abril, sendo que a próxima jornada a contar para o Mundial é o Qatar Cross Country Rally, que terá lugar entre os dias 17 e 22 de abril.

Classificações provisórias:

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x