Rali de Marrocos – Kevin Benavides: Não gosto da forma como atribuem as penalizações”

Por a 9 Outubro 2017 18:07

Kevin Benavides colocou esta segunda feira o dedo na polémica organização do Rali de Marrocos, insurgindo-se pela forma como as penalizações são aplicadas e retiradas.

No centro da polémica está a decisão tomada no final da segunda etapa, interrompida após 170 quilómetros, devido à dificuldade dos pilotos ultrapassarem alguns rios devido ao caudal dos mesmos que aumentou com as fortes chuvas que caíram em Marrocos.

No final desta etapa, Pablo Quintanilla sofreu uma forte penalização que o retirava da corrida pela vitória, contudo já no final da etapa do dia seguinte, a organização decidiu retirar a penalização ao chileno da Husqvarna o que permitiu que Quintanilla regressar ao comando do Rali de Marrocos.

Ora com todo esta andança. Kevin Benavides não esteve com meias palavras e afirmou agora que: “Vamos ver como tudo acaba na terça feira. É que com estas penalizações que tem tido lugar não se sabe. Para além disso não me agrada a forma como a organização e a FIM estão a gerir este assunto”, afirmou o piloto argentino da Honda

Benavides terminou a etapa desta terça feira na segunda posição a 2m08s do vencedor. “Vinha com ritmo para vencer a  especial, contudo tinha uma nota do roadbook que não estava correcta e acabei por perder algum tempo e acabei por fazer  quilómetros a mais. Mas foi positivo terminar a penúltima etapa na segunda posição, o que é bom para o dia de amanhã para ver se consigo vencer uma etapa”, acrescentou Kevin Benavides.

Na classificação geral Kevin Benavides ocupa a terceira posição a 13m58s de Pablo Quintanilla que está a uma etapa de vencer o Rali de Marrocos.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Rallyes e Cross Country FIM
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x