Rali de Marrocos – Joaquim Rodrigues: “As duas últimas etapas foram difíceis e muito perigosas”

Por a 9 Outubro 2017 17:18

Numa quarta etapa mais curta do que o previsto devido ao caudal dos rios, Joaquim Rodrigues voltou a ser o melhor piloto português no Rali de Marrocos.

O piloto da Hero Motosports terminou a penúltima etapa da última prova do Campeonato do Mundo de Cross Country na sétima posição a 4m26s do vencedor da tirada, o francês Adrien Van Beveren da Yamaha

“Estas últimas etapas tem sido curtas mais difíceis e perigosas”, afirmou Joaquim Rodrigues no final da etapa desta segunda feira que contou apenas com um sector selectivo na ligação entre Erg Lihoudi e Erfoud.

” Por causa da chuva, havia muitos rios, muitas pedras, muita coisa que tornada a pista perigosa. As duas últimas etapas foras muito difíceis e rápidas e estou feliz ter chegado ao final do dia de hoje sem problemas e em segurança.  Sinto que estou pronto para a última etapa a realizar na terça-feira, a  moto tem ajudado ao desempenho e está a dar-me muita confiança. Cometi alguns erros de navegação mas sinto que estou melhor que no ano passado e a melhorar todos os dias”, acrescentou Joaquim Rodrigues.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Mundial Rallyes e Cross Country FIM
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png