Mário Patrão, Baja Portalegre, Final: “Tentei ser rápido sem cometer riscos”

Por a 30 Outubro 2022 12:51

Terminando o primeiro dia da mítica prova alentejana num brilhante 9º lugar com a sua ‘companheira’ habitual no Rally Dakar, Mário Patrão (KTM 450 Rally) completou no sábado a 36ª edição da Baja Portalegre num honroso 12º lugar.

Porém, o objetivo principal do Campeão do Mundo de Veteranos FIM Cross Country Rallys, passou sobretudo por divertir-se preparar o próximo desafio: o Rali Dakar.

A moto e a corrida

“Fiz as minhas últimas corridas com road-book, estava sempre com a cabeça para cima e para baixo, notou-se por isso um pouco falta de ritmo, mas diverti-me bastante com a moto.

Parti com a moto de depósito cheio, a fase inicial era muito técnica, tive aqui e ali alguma dificuldade, mas à medida que o depósito ia vazando comecei a avivar o ritmo. Depois apanhei uma enorme tempestade, que não via nada à frente e a pista ficou muito estragada e tive que abrandar, porque esta moto quando escorrega já não se consegue ir ‘buscá-la’… vai para onde quer. Portanto, abrandei o ritmo até à ZA3 (zona de reabastecimento), depois troquei de óculos e consegui avivar o ritmo até à parte final.”

Conclusão

“Estou contente, foi uma boa corrida, diverti-me, tentei sempre ir o mais rápido possível, sem cometer riscos… Não sai de estrada, não tive quedas, o que é difícil neste Portalegre, a moto esteve sempre impecável, agradeço aos patrocinadores a oportunidade que me deram de estar aqui, espero voltar.”

0 0 votes
Article Rating
This site uses User Verification plugin to reduce spam. See how your comment data is processed.
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x