Dakar 2019, 5ª Etapa: Terá Pablo Quintanilla abrandado propositadamente para perder a etapa?

Por a 11 Janeiro 2019 18:52

A 5ª Etapa e segunda parte da etapa maratona, apresentava uma característica muito especial pois é uma de duas etapas do Dakar 2019 em que o formato de partida é totalmente diferente.

Em vez dos pilotos partirem sequencialmente e separados por 3 minutos, hoje a partida era tipo “corrida de motores”, com grupos de 10 pilotos lado a lado. A cada 5 minutos partia outro grupo.

Apesar de estar no 2º lugar da classificação geral à partida para a etapa de hoje, Pablo Quintanilla partiu do 2º grupo da manhã, pois ontem ficou apenas em 14º na etapa.

Como havíamos previsto (e escrito), Pablo Quintanilla iria aproveitar a vantagem de partir do 2º grupo para ganhar vantagem sobre os seus rivais que partiram no primeiro grupo, pois encontraria a pista já marcada por 10 motos diferentes.

Com efeito o chileno da Husqvarna dominou toda a etapa a seu belo prazer, exceptuando um troço entre o waypoint 4 e 5.

No ultimo waypoint Pablo Quintanilla tinha uma vantagem de 4m19 sobre o seu mais directo rival, o americano Ricky Brabec que vinha atrasado na classificação em 9º lugar. De repente chega ao final em 12º? As diferenças nesta etapa foram muito inferiores ao normal por causa da partida por grupos, pelo que aqui valia a pena jogar esta cartada. Sem perder muitos minutos poderia piorar a sua classificação na etapa o que o beneficiará muito na próxima etapa de Domingo…

Como sabemos pela experiencia dos 4 primeiros dias, o  vencedor de uma etapa acaba extremamente prejudicado por abrir a pista no dia seguinte, e é precisamente essa gestão que determinará o vencedor do Dakar no dia 17 em Lima.

Entrámos numa fase em que os estrategas das equipas vão definir qual o melhor comportamento a aplicar para gerir a probabilidade de vitoria do rali. Agora não se trata mais de ganhar etapas, mas sim de ganhar o Rali à Geral no último dia.

Estamos convencidos que Pablo Quintanilla pode ter sido instruido para abrandar violentamente o seu ritmo entre o waypoint 6 e o controle final da etapa. A nota da organização diz que Quintanilla sofreu um  contratempo a 4 km do final…Estamos apenas a especular, pois nunca se saberá o que aconteceu, a menos que tivesse sido uma queda, mas não foi…

A KTM já ganha o Dakar há 17 anos consecutivos, todas as marcas concorrentes investem nesta prova pelo retorno de imagem e credibilidade que esta prova pode gerar em caso de vitória. Portanto não queremos ser ingénuos, compreendendo que uma actuação deste tipo não tem nada de irregular, apenas tem de inteligente…

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas TT
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png