CNTT: João Lopes mantém comando nos SSV

Por a 14 Abril 2017 16:09

Os pilotos da categoria SSV foram os últimos a concluir este primeira dia da Baja de Loulé, terceira ronda do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno.

Mantendo a toada apresentada no Prólogo, João Lopes foi o piloto mais forte no setor seletivo de 82.04 quilómetros. Lopes, que é navegado por Bruno Santos, deixou o segundo classificado Vítor Santos seis segundos, sendo que na classificação geral os dois pilotos ocupam as duas primeiras posições da classificação geral e estão separados por apenas 15.4s. Para além de liderar a prova organizada pelo Clube Automóvel do Algarve, João Lopes está também na frente do Troféu Polaris, enquanto Vítor Santos segue na frente do Troféu Can-Am Maverick.

Bem perto das duas primeiras posições está também João Monteiro. O piloto navegado por Emerico Monteiro é terceiro a 33.7s do comando da prova. O herói local, Ruben Faria, e o vencedor da primeira prova do ano, Bruno Martins, completam o top cinco, que é constituído por quatro Can-Am Maverick e um Polaris.

Já o atual campeão nacional da categoria SSV, João Dias, perdeu algum neste troço pelo que caiu para o nono lugar da classificação a 2m24s de João Lopes. Nota ainda para o piloto que venceu a última prova na Ferraria, Pedro Santinho Mendes, que perdeu pouco mais de 14 minutos no setor seletivo e com isso desceu várias posições na classificação geral para além de ter comprometido o resultado final na Baja de Loulé.

No campo dos Yamaha, Marco Silva é o mais bem colocado ao ser sexto e lidera a Taça Yamaha. Quanto ao estreante Roberto Borrego subiu algumas posições, sendo agora o 18º.

Amanhã os concorrentes terão pela frente dois setores seletivos com a extensão de 123.70 e 80.75 quilómetros, respetivamente.

Nota: Estes resultados são provisórios pelo que podem vir a sofrer alterações

Sem Título

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas TT
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png