SBK: Jonathan Rea acelera em Phillip Island

Por a 20 Fevereiro 2018 10:33

Estão concluídos os testes oficiais de pré-época, que tiveram lugar entre ontem e hoje no circuito australiano de Phillip Island, o palco que no próximo fim de semana vai acolher o início da temporada de 2018 do Mundial de Superbikes.

O melhor tempo nestes dois dias ficou nas mãos de Jonathan Rea. O tricampeão do mundo rodou em 1m30.598s, na primeira sessão do dia de hoje, e bateu por 0.128s a marca de Marco Melandri, que ontem havia sido a melhor. Uma boa demonstração por parte do piloto da Kawasaki num dia onde novamente não evitou uma queda com esta a surgir na Curva 10 da pista australiana.

Desta forma Melandri teve de contentar-se com o segundo posto final e a consolação de ter sido o homem que mais perto ficou de Jonathan Rea. O piloto da Ducati foi o único dos 22 que estiveram em pista que de ontem para hoje não melhorou a sua marca. O transalpino foi secundado pelo segundo homem da Kawasaki, Tom Sykes. O britânico foi 0.206s mais lento do que Jonathan Rea e foi o último piloto a entrar no segundo 30 durante os ensaios oficiais de Phillip Island.

No quarto lugar ficou Eugene Laverty, que assim deixou boas indicações com a sua Aprilia RSV4 apesar de hoje ter sofrido uma queda na Curva 4. O top cinco foi fechado por Javier Forés, que concluiu estes ensaios como o melhor piloto privado. Seguiram-se os dois pilotos oficiais da Yamaha, Michael Van der Mark e Alex Lowes, que hoje estiveram discretos, o mesmo se aplica ao oitavo Leon Camier, que ontem tinha sido quarto. Isto não invalida, no entanto, a boa adaptação que Camier tem mostrado à Honda.

Quanto às desilusões destaque claro para Chaz Davies, apenas 11º, e Jordi Torres que não foi além do 13º lugar final com a MV Agusta. Ambos os pilotos ficaram a mais de um segundo de Jonathan Rea. Entre os estreantes o mais forte foi o turco Toprak Razgatlioglu, que quedou-se pelo 12º posto com a Kawasaki da Puccetti Racing Team.

Palavra final para os pilotos ‘wildcard’, que tiveram em Troy Herfoss o mais rápido. Aos comandos de uma Honda o piloto australiano, que compete habitualmente no campeonato de velocidade local, foi 16º e ficou apenas a nove milésimos de Jake Gagne, piloto oficial da Honda.

Classificação Final:

 

 

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Motor24
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png