MotoGP: Lorenzo admirado com declarações de Puig

Por a 13 Setembro 2019 10:06

Alberto Puig da Honda Repsol está a provocar controvérsia com as suas declarações mais uma vez, e desta feita o alvo é um dos seus próprios pilotos, Jorge Lorenzo.

O Manager da Honda Repsol que é bem conhecido pela sua irascibilidade, a ponto da sua alcunha entre os jornalistas espanhóis ser “El Malcriado”, terá dito que Lorenzo não se tem esforçado e dado 100% na RCV, ao que o piloto respondeu declarando-se mistificado pelo comentário:

“Como pode alguém dizer que não me esforço, e não corro riscos, quando tenho tido grandes quedas e acidentes a tentar ser mais rápido com a moto, sempre à procura de bons resultados??

Sendo verdade que o Espanhol ainda não conseguiu um Top 10 com a Honda, o Maiorquino não aceita a declaração de Puig que por vezes os resultados não são uma questão de técnica, mas de coragem e força de vontade…

“Obviamente,m ele é o patrão e uma pessoa pela qual tenho grande respeito, porque percebe de motos e conhece este mundo da MotoGP…” disse Lorenzo ontem em Misano. “Mas como pode ele dizer que não me esforço nem corro riscos, eu acho que o problema até é que me esforcei demais sem conhecer a moto completamente e portanto tive quedas e lesões que vieram dificultar tudo…”

“Tudo vem das lesões…. Sem elas, decerto talvez não estivesse a vencer corridas, mas estaria pelo menos a lutar pelo pódio nos primeiros 5!”

Lorenzo comparou a situação com o seu primeiro ano na Ducati, dizendo:

“Também tive dificuldades no primeiro ano na Ducati, mas este ano ainda mais porque já vinha com duas lesões do ano passado, de Aragón num pé e da Tailândia num pulso…”

“Depois na pré-época fraturei o escafóide, no Qatar algumas costelas, e depois veio a grande queda em Assen…”

“Ainda nunca estive a 100% para andar na Honda, por isso nunca pude puxar ao máximo… ainda pior quando não nos sentimos confortáveis na moto!”

“É assim que me sinto com a Honda, nunca confio completamente na frente, é uma má combinação de circunstâncias…”

O ano passado, Lorenzo fez a pole em Misano na Ducati, mas depois caiu de segundo na corrida.

13
Deixe um comentário

Please Login to comment
1 Comment threads
12 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
AlexisSNN81JFjoao Recent comment authors
recente antigo mais votado
Alexis
Membro
Alexis

Cá se fazem cá se pagam, está a pagar por toda a porcaria que andou a fazer ao longo da carreira, mas ainda há-de pagar mais e como se prova com a Ducati foi uma miséria e com a Honda ainda pior, então este é que é grande lorenzo??? LOL…

joao
Membro
joao

você não sabe o que está a dizer. Lembrar que o Lorenzo, comparativamente ao Rossi, foi o único que venceu com a Ducati; o mesmo viria a acontecer aqui – as contrariedades têm sido muitas, inclusivamente agora acrescidas pelas declarações do ‘El Malcriado’, Puig – Lorenzo continua a ser um pilotaço

JF
Membro
JF

Por acaso a Ducati tem mesmo a ver com o tempo que o Rossi lá passou, mesmo sendo uma moto só com velocidade de ponta, Rossi ainda fez melhor na primeira epoca que o Lorenzo. Lorenzo ganhou 3 corridas em 2 anos, quando o Dovi venceu mais de 10 corridas, portanto a Ducati no tempo do Lorenzo é uma mota ganhadora, aliás é a 2 mota melhor do MotoGP, e só não ganham o campeonato porque não são consistentes em todos os circuitos e não têm evoluido no ultimo ano, ano e meio. Como piloto Lorenzo é bom mas como… Ler mais »

joao
Membro
joao

o Rossi ganhou zero com a Ducati nos dois anos que lá esteve

JF
Membro
JF

Se leres bem vais ler que o Rossi com uma Ducati que era um chasso conseguiu no final do ano fazer uma classificação muito melhor no campeonato que o Lorenzo e o Lorenzo com uma mota que ganhava corridas e discutiu o campeonato até à ultima corrida, ganhar corridas com a Ducati até o Capirrossi ganhou, Ianonne, Petrucci e o quê são todos melhores que o Rossi querem ver

SNN81
Membro
SNN81

Excelente comentário, só discordo na saída do Rossi da Ducati. Rossi percebeu que num futuro imediato a Ducati não iria ter uma moto vencedora e decidiu voltar à Yamaha onde ainda tinha esperanças de ser campeão. E convém salientar, que só não o foi devido à celebre época de 2015, onde o trinòmio Marquez, Lorenzo e Dorna, funcionaram na perfeição e toda a gente sabe o desfecho…
Concordo também que o futuro do Lorenzo passará novamente pela Yamaha, aliás assim como o Marquez só será campeão com uma marca!!!

JF
Membro
JF

Podia ter ganho o titulo mas não era aquele Rossi por exemplo de 2008/09, se fosse tinha sido campeão, faltava qualquer coisa e depois envolveu-se na picardia com o Marquez quando o Rossi tinha tudo a perder

Além disso perdeu pontos importantes em duas corridas Aragãoe Australia que lhe podiam ter garantido o campeonato, mesmo sendo o Lorenzo mais rapido mas menos consistente e para mim onde Rossi perdeu esse campeonato foi precisamente em Misano, corrida mista, Rossi destacadissimo na frente e errou na estrategia e deitou tudo a perder, bastava ter ganho esta corrida e tinha sido campeão em 2015

SNN81
Membro
SNN81

Concordo, no entanto na minha opinião a penalização da ultima corrida arrumou por completo com o Rossi. Se analisar-mos os mais recentes comportamentos de Marquez e Lorenzo e as penalizações que obtiveram, parece-me uma discrepância brutal ao castigo aplicado a Rossi…mas isso são outros quinhentos! Relativamente ao comentário anterior apenas quis provar que o Rossi fez bem em sair da Ducati, assim como fez bem em sair da Honda, onde ganhava sem grande dificuldade para reacender a chama da Yamaha. Ao contrário, Marquez está perfeitamente acomodado na Honda e de lá não sai até bater todos os recordes de Rossi,… Ler mais »

SNN81
Membro
SNN81

Para fazer comparações, temos de comparar o que é comparável! Acha que a Ducati de Rossi era igual ou semelhante à do Lorenzo?!Seguindo o seu raciocínio direi que o Rossi ganhou inúmeras corridas com a honda e o Lorenzo nem um top 10!!! Para terminar, dizer que o Lorenzo continua a ser um pilotaço?! Então o que dizer de Marquez, Rins, Quartararo….?

joao
Membro
joao

Marquez está uns furos acima; Rins, por exemplo quando colega do Miguel em moto3, levava 0,5 seg, sempre. Estes dois ainda têm que mostrar mais – tiveram sorte com as motos; gostava de os ver por exemplo com KTM … convém tornar claro que o desenvolvimento das motos é tb muito consequente do grau de desenvolvimento que o piloto consegue produzir com a equipa

SNN81
Membro
SNN81

Volto a repetir, temos de comparar o que é comparável…Eu também gostava muito de ver o Lorenzo na KTM e o Marquez na Aprilia!!!

JF
Membro
JF

E depois? O frentzen ganhava sempre ao Schumcacher em todas as categorias e depois na F1 o Schumacher foi muito melhor, isso não quer dizer nada, o Miguel é bom, aliás todos os que andam lá são bons, mas ainda tem muito que provar, o que fazem nas categorias inferiores não significa muito, o Stoner fez alguma coisa de especial nas categorias inferiores?

Alexis
Membro
Alexis

Ó joao, então eu é que não sei o que digo? Você põe-se a comparar o que não é comparável e depois ainda acha que eu não sei o que digo, lol, podiamos falar dos dois titulos de Motogp, mais aquele que lhe foi oferecido pelo amigo, mas nem vou perder mais tempo a responder-lhe, até porque já houve muita gente a fazê-lo e bem.

últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png