MotoGP, 2020: Rins renova mais 2 anos

Por a 19 Abril 2020 12:00

Alex Rins continuará a ser piloto oficial de MotoGP da Equipa Suzuki motoGP para as temporadas de 2021 e 2022. A renovação do contrato entre a Suzuki Racing Company, filial da Suzuki Motor Corporation, e o espanhol de 24 anos chega num momento muito peculiar da história, uma vez que o Campeonato do Mundo de 2020 não foi capaz de começar devido à situação excecional da crise Covid-19. Mas esta renovação de contrato confirma que a Suzuki, a Equipa e o piloto estão todos a pensar no futuro e focados em alcançar resultados ainda melhores.

Hoje, Domingo, Alex Rins, da Suzuki Ecstar, esteve em direto no Instagram, pelas 12:00 CET (11.00h de Portugal) e comentou com algum detalhe o começo da época frustrado, a necessidade de ficar em casa sem desanimar e a novidade de que acaba por renovar com a Suzuki por mais 2 anos…

Rins, exibindo um novo corte de cabelo à escovinha, disse: “Bom, rapazes, a primeira notícia, que é uma honra para mim e me faz muito feliz, é que renovei contrato com a Suzuki Ecstar por mais dois anos… é bom para mim, fazer parte da família azul, para os meus mecânicos e para toda a gente… Espero que possamos andar em breve, estou cheio de vontade que tudo comece e ansioso por estar em pista de novo e por exibir as cores que apresentámos no Qatar…”

“O meu desejo era continuar com a Suzuki e, finalmente, foi isto que fiz. Acredito que o projeto tem potencial para ser vencedor, eu tenho o desejo de ganhar, e por isso combinamos perfeitamente. É o lugar perfeito para mim, e estamos trabalhando duro juntos para obter grandes resultados. Sempre acreditei na equipa e por isso foi fácil chegar ao acordo básico muito cedo. Depois demorou algum tempo a finalizar os detalhes e a seguir todos os processos internos.”

“Agora temos de perceber o que vai acontecer com a temporada de 2020, estamos prontos para competir ao nível máximo, como já mostrámos nos testes de pré-época. Neste preciso momento, o mundo inteiro enfrenta uma situação inesperada que afeta praticamente todos os países e temos de ser pacientes e ver como evolui. Estaremos prontos para quando formos chamados para começar a correr, logo que isso acontecer. A Dorna está a fazer tudo o que pode para nos permitir competir, mas estão, naturalmente, a ter em conta o que mais importa; a segurança e a saúde das pessoas. Só podemos ficar prontos e esperar para sermos informados quando podemos começar, e entretanto concentrarmo-nos no treino.”

“A Suzuki tem trabalhado muito, nós todos, mas também na fábrica em Hamamatsu e no Japão, e decerto vai estar tudo pronto para darmos o nosso melhor!”

Alex terminou a intervenção conduzida em Inglês com algumas palavras para os fans em Espanhol e em Italiano

A dada altura, o manager da formação Davide Brivio também esteve em direto de sua casa em Itália, e revelou que a equipa tem estado em constante contacto, pelas redes sociais e estão de bons espíritos dentro da medida do possível:

“Estamos muito felizes por confirmar Alex Rins como piloto de fábrica da Equipa Suzuki MotoGP por mais duas temporadas, 2021 e 2022. Com este acordo, levamos a nossa relação a 6 anos, e acreditamos que esta estabilidade será positiva para todos nós. Devo dizer que este acordo estava apenas à espera de um “carimbo”, porque tanto a Suzuki como o Alex tinham vontade de continuar juntos e já há meses se tinha alcançado um acordo de base para a continuação. Agora que tudo está feito, podemos finalmente anunciá-lo com orgulho. Como equipa, o nosso objetivo é manter todo o grupo de trabalho unido e tornarmo-nos ainda mais fortes, tivemos um final de época fantástico no ano passado e este é o ponto de partida em que queremos confiar quando pudermos voltar a correr.”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x