MotoGP, 2020: Iannone reage à sentença

Por a 3 Abril 2020 15:00

Andrea Iannone recorreu às redes sociais para dar a sua reação à suspensão de 18 meses que lhe foi aplicada pela FIM na sequência da sua audição antidoping.

Iannone foi banido depois de testar positivo para Drostanolone encontrado numa amostra de urina colhida em Sepang em Novembro passado e a sua suspensão conta a partir de 17 de Dezembro e estende-se até 16 de Junho de 2021.

Isto excluiria o atual piloto da Aprilia de toda a temporada de MotoGP de 2020, mais talvez as oito corridas iniciais do próximo ano. Iannone também foi desclassificado das rondas de Sepang e Valencia do ano passado, mas o italiano não terminou em nenhuma das corridas, pelo queisso não afeta a sua ou a posição final da Aprilia no Mundial de MotoGP de 2019.

Espera-se agora que Iannone lance um recurso no Tribunal Arbitral do Desporto (CAS), especialmente porque a Aprilia alega que o argumento de consumo acidental de esteróides de Iannone através de contaminação alimentar foi aceite pela FIM.

Depois de permanecer em silêncio enquanto estava provisoriamente suspenso durante a sua audiência, Iannone recorreu à sua conta de Instagram para dar a sua versão da história, uma vez que sente que não foi feita justiça depois de “ter sido julgado inocente” pela FIM, que aceitou que ele consumiu uma substância proibida sem saber. Apesar disso, a FIM ainda o penalizou com uma suspensão prolongada, que a efectivar-se, significa na prática o fim da sua carreira.

O seu atual contrato com a Aprilia expira no final de 2020, mas com a sua suspensão a decorrer até meados de Junho de 2021, poucas equipas quererão contratar Iannone, que estará perto de completar 32 anos até lá e a entrar da última fase da sua carreira.

A Aprilia já confirmou que apoiará o apelo da Iannone ao CAS, que prolongará a saga, uma vez que ainda não é claro quanto tempo demorará o processo de recurso.

Em termos do futuro imediato, a Aprilia está, como prevíramos no nosso “Autosport Especial MotoGP”, prestes a recorrer ao piloto de testes Bradley Smith, que substituiu Iannone durante os testes de pré-temporada, e todas as partes têm tempo extra do seu lado, dado aos atrasos com o início da temporada devido à pandemia coronavírus.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png