MotoGP, Gresini anuncia Álex Márquez para 2023

Por a 26 Junho 2022 09:00

A Gresini anunciou hoje a dupla com que vai encarar a época de 2023 no MotoGP. Se Fabio di Giannantonio vai continuar ao serviço da equipa-satélite da Ducati, será Álex Márquez, atual piloto da LCR Honda, a ficar com o lugar que pertence atualmente a Enea Bastianini, que vai sair para a equipa de fábrica da Ducati ou para a Pramac.

Fecha-se assim uma potencial porta para Miguel Oliveira, que chegou a ser associado à Gresini, mas os italianos optaram por Márquez, que já foi campeão de Moto3 e Moto2, com 40 pódios e 12 vitórias. Na classe principal, o espanhol tem dois segundos lugares, sendo que a próxima época é a sua quarta no MotoGP.

“Estou muito feliz por anunciar que me vou juntar à Team Gresini MotoGP e também muito entusiasmado por começar esta nova aventura: foi crucial para mim mudar para recuperar o mesmo tipo de motivação que tinha quando me juntei a esta classe. Esta foi a melhor opção para mim, com uma equipa que ajudou a escrever a história deste campeonato. Quero agradecer à Nadia, ao Carlo e a todo o staff por acreditarem em mim. Ainda tenho meia época para fazer o meu melhor antes de começar 2023 com a motivação no topo”, disse Márquez.

“Estou feliz por prolongar a minha parceria com esta equipa, que é uma família para mim. É bom porque continuamos nesta curva de aprendizagem e vamos fazê-lo com uma Ducati – e isso deixa-me feliz. A continuidade é chave no MotoGP, de modo a poder trabalhar para ser o melhor possível. Temos estado a trabalhar nesta extensão de contrato há algum tempo e agora podemos anunciá-la. Obviamente, os objetivos vão ser maiores: vamos usar esta segunda metade da época para melhorar os nossos resultados, e, no próximo ano, quero mesmo dar esse passo”, referiu Di Giannantonio.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x