MotoGP, Fabio Quartararo: “Foi uma primeira metade forte”

Por a 1 Julho 2022 22:05

Apesar das duas quedas e consequente abandono na Holanda, Fabio Quartararo terminou a primeira metade do campeonato como líder do MotoGP. Porém, o piloto francês viu a sua diferença para o segundo classificado reduzir-se drasticamente para 21 pontos, tendo que cumprir uma penalidade de Long Lap na próxima corrida.

Há uma semana atrás, o vigente campeão do mundo era o único piloto, a par de Aleix Espargaró, a somar pontos em todas as corridas, com o francês da Yamaha a averbar três vitórias e três segundos lugares nas onze corridas realizadas.

“Foi uma primeira metade de temporada forte. Foi relativamente difícil no Qatar, Argentina e Austin”, disse Fabio Quartararo, numa análise a uma primeira metade da época feita com altos e baixos.  “Talvez tenha reclamado um pouco demais sobre a velocidade máxima da moto e por isso não estivesse focado como devia na condução. Depois, quando voltamos para a Europa, concentrei-me nas coisas importantes e os resultados apareceram”.

Com uma vitória convicente em Portimão, de facto as corridas seguintes correram surpreendentemente bem para o Campeão do Mundo de MotoGP de 2021.

“De Portugal à Alemanha estivemos sempre no pódio, menos em Le Mans onde terminei em quarto. Foram dez boas corridas no total, marcamos tantos pontos quanto no ano passado”, disse o piloto de 23 anos. Porém, o GP dos Países Baixos foi um desastre para Quartararo, que  caiu duas vezes e numa delas forçou Aleix Espargaró a passar pela gravilha com a sua Aprilia o que resultou numa penalização de Long Lap para a próxima prova em Inglaterra.

Fabio Quartararo pediu desculpas ao espanhol da Aprilia, e prefere colocar uma pedra no assunto, preferindo sublinhar os melhores momentos vividos este ano, como as vitórias em Portimão e no Sachsenring.  

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x