MotoGP: Dovizioso retira-se após Misano, rendido por Crutchlow

Por a 4 Agosto 2022 13:00

Está a chegar ao fim a carreira de Andrea Dovizioso no MotoGP e o italiano nem sequer vai esperar pelo fim da época para dizer adeus.

A Yamaha anunciou hoje que Dovi vai abandonar a categoria principal do motociclismo após o Grande Prémio de São Marino, em Misano.

Já era sabido que esta seria a última temporada do transalpino no MotoGP, sabendo-se agora que faltam apenas três corridas para a aventura terminar. A Yamaha informa que Cal Crutchlow disputará as seis corridas que faltarem após a saída de Dovizioso.

“Desde 2012, a experiência com o construtor de Iwata no MotoGP tinha sido muito positiva para mim, e, desde aí, pensei sempre que, mais cedo ou mais tarde, gostaria de ter um contrato oficial com a Yamaha. Esta possibilidade surgiu em 2021. Decidi tentar porque acreditava neste projeto e na possibilidade de ter um bom desempenho”, disse.

“Infelizmente, nos anos recentes, o MotoGP mudou profundamente. A situação é muito diferente desde aí: nunca me senti confortável com a moto e não consegui aproveitar ao máximo o seu potencial, apesar da contínua ajuda da Yamaha. Os resultados foram negativos, mas ainda considero que foi uma importante experiência de vida”, referiu.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x