MotoGP: A separação de Maverick Viñales da Yamaha

Por a 28 Dezembro 2021 11:17

Nos últimos três anos, aconteceu duas vezes um piloto começar a queixar-se da sua equipa e acabar por ser dispensado. Depois de Johann Zarco em 2019, este ano aconteceu com Maverick Viñales.

No caso do francês, queixou-se do quadro e da potência da sua moto no Grande Prémio de Jerez. Numa conversa privada, falou de um “shit chassis” e de uma “shit power delivery”. Infelizmente para ele, uma câmara e um microfone estavam por perto e Zarco recebeu um aviso da equipa. Depois de fazer comentários semelhantes em Misano, o francês foi suspenso pela KTM.

No caso de Viñales, o problema começou com um comentário feito em Assen de que o Yamaha M1 só era competitiva quatro vezes por ano, comentário esse que nem era muito credível. Na corrida, foi segundo atrás de Quartararo, tendo sido o mais rápido em todas as sessões anteriores. Mais algumas bocas sobre os contratos levaram a que o mal já estivesse feito antes de Spielberg.

Depois de uma corrida em que nada conseguiu fazer, com Quartararo a segurar o terceiro lugar, Viñales começou a tentar destruir o motor da sua moto, atitude que levou a Yamaha a suspendê-lo e depois a dispensá-lo.

0 0 votes
Article Rating
5 Comentários
antigo
recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
4 meses atrás

2cartwright

trackback
4 meses atrás

elderly gay men dating site https://speedgaydate.com/

trackback
3 meses atrás
trackback
3 meses atrás
trackback
3 meses atrás

free slots for fun https://pennyslotmachines.org/

Ensaios
últimas Motosport
Motomais
5
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x