MotoGP, 2020: Sorte em pista em 2020

Por a 6 Dezembro 2020 14:00

Pode-se dizer que 2020 foi um ano estranho, mas também que nas duas modalidades rainhas da velocidade, a Formula 1 e a Moto GP, houve momentos incríveis de sorte que impediram tragédias

Meio metro mais para a frente ou mais para trás teria sido uma tragédia

Apesar da estranheza das medidas de contenção da Pandemia de Covid 19, com numerosas provas canceladas e a época comprimida em 5 intensos meses de competição, 2020 acabaria por ser um ano de intensa competição, de estreias e recordes mais uma vez a morder o pó.

Mas igualmente também de momentos de incrível drama, e, pelo menos em duas ocasiões distintas, tragédias formam evitadas por pura sorte.

Na MotoGP, o momento espantoso foi sem dúvida a sequência da colisão entre Zarco e Morbidelli na Áustria, com duas motos descontroladas a carambolarem para passar a centímetros das cabeças de Maverick Viñales e Valentino Rossi, que os deixou assustados, mas ilesos. Meio metro mais para a frente ou mais para trás teria sido uma tragédia.

Mais recentemente, na Formula 1 no Bahrein, num incidente invulgar, o carro de Romain Grosjean é projetado lateralmente contra uma barreira que normalmente não estaria na trajetória, pois ao ser atingido por outro carro na roda traseira desviou-se a angulos retos direito a esta.

A força do impacto foi tal que metade da carlinga do fórmula, contendo o piloto dentro da cápsula de segurança de carbono, conseguir afastar e passar por baixo da barreira, o que antes da introdução do arco de segurança de titânio em 2018 teria sido morte certa para o piloto.

No evento, Grosjean saltou do carro em chamas, ainda a ser apagado pelos comissários, com apenas algumas queimaduras, mas as imagens do acidente são de facto impressionantes.

Pode-se dizer que a sorte bafejou os pilotos nestas duas ocasiões!

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x