Moto3 Austrália, FP1: Arbolino acaba o mais rápido no molhado

Por a 25 Outubro 2019 00:10

Tony Arbolino, da VNE Snipers, encerrou a sessão de abertura do Grande Prémio da Austrália, realizada em condições extremas, como o mais rápido, com o vento e a chuva a assolarem o circuito de Phillip Island.

As condições são o oposto do sol que abençoara o circuito antes, com fortes chuvas continuando a cair durante a manhã.

Como resultado das condições difíceis, um punhado de pilotos não escapou a quedas, felizmente sem lesões, durante a sessão.

Albert Arenas, da Gaviota Angel Nieto, caiu na curva 4 e, novamente, na curva 2, Niccolo Antonelli, da SIC58 Squadra Corse, sofreu um acidente rápido na curva 8, Ricardo Rossi, da Kömmerling Gresini, sofreu um acidente estranho depois de sair largo na curva Southern Loop, com Alonso Lopez, da Estrella Galicia 0,0, e Andrea Migno, da Mugen Race, a também serem vítimas do Southern Loop.

O líder do Campeonato do Mundo Lorenzo Dalla Porta (Leopard Racing), que será coroado rei da Moto3 este fim de semana se marcar três pontos sobre o seu rival mais próximo, Aron Canet (Sterilgarda Max), começou o fim de semana como esperava, terminando segundo mais rápido.

Romano Fenati (VNE Snipers) tornou-se um dos três melhores de Itália ao terminar terceiro mais rápido, a um segundo do companheiro de equipa Arbolino.

Entre os cinco primeiros, estavam dois homens que costumam brilhar no molhado, Darryn Binder, da CIP Green Power, e John McPhee, da Petronas Sprinta Racing.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Moto3
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x