Moto3: Ganhar asas

Por a 15 Março 2018 09:42

A categoria das 250cc a quatro tempos proporciona sempre grandes espectáculos ao longo da época, sendo habitual um grande pelotão estar na luta pela vitória em praticamente todas as corridas da temporada. Situação normal numa classe composta por jovens pilotos estreantes no Mundial ou que estão a dar os primeiros passos no mesmo, pelo que o sangue na guelra é mais do que muito.

À semelhança do que aconteceu nos últimos anos é esperado novamente um duelo entre Honda e KTM apesar da Honda ter dominado, de forma incontestável, as últimas duas temporadas.

Apesar do, já referido, elevado grau de imprevisibilidade existem sempre uns pilotos que são mais favoritos do que outros. Como são o caso de Jorge Martín, a figura que destacou-se na pré-época, mas também o renascido Enea Bastianini bem como Arón Canet ou Fabio di Giannantonio, que é colega de Martín na Gresini. Atenção também ao poderá vir a fazer o protegido de Valentino Rossi, Nicolò Bulega, que tarda em afirmar-se com as cores da Sky VR46.

Depois destes nomes temos sempre de contar com as surpresas que aqui e ali podem sempre fazer um brilharete. Nesse lote podem muito bem estar nomes como Marco Bezzecchi, Gabriel Rodrigo e porque não Marcos Ramírez. De fora estão os dois primeiros do último campeonato, Joan Mir e Romano Fenati, pilotos que em 2018 vão efetuar a sua estreia em Moto2.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png