Alex Márquez pode estar a caminho da KTM

Por a 1 Julho 2016 12:50

Em janeiro a KTM surpreendeu toda a gente ao revelar o seu protótipo de Moto2 em Almeria. Os austríacos revelavam assim a sua intenção de regressar à classe intermédia do Mundial de motociclismo, sem contudo definirem a data para esse regresso.

Contudo nos últimos tempos os testes da KTM tem vindo a intensificar-se e o último teve lugar em Brno com Ricky Cardus como piloto de testes. A nova moto já revelou uma elevada competitividade, de acordo com os tempos de volta não oficiais.

Tendo em vista a constituição da nova equipa parece certo que Brad Binder venha a ser um dos pilotos da KTM, enquanto o lugar de segundo piloto tudo aponta para Alex Márquez, o irmão de Marc Márquez, que assim pode estar de saída da Marc VDS.

Alex Márquez não tem tido uma época fácil e os fracos resultados com a Marc VDS podem pesar para rumar à nova estrutura da KTM, que segundo a imprensa espanhola pode vir a designar-se de White Power Performance Systems (WP). Nomes de uma companhia holandesa que fabricava componentes e que foi adquirida pela marca laranja. A WP está na Moto2 como marca de suspensões de varias equipas, entre elas a Ajo Motosport.

O que parece certo é que está cada vez mais perto a possibilidade de a KTM ter uma presença em todas as categorias do Mundial de motociclismo, até porque em 2017 a KTM vai entrar pela primeira vez em MotoGP, com Pol Espargaró e Bradley Smith como pilotos, e, obviamente, vai manter-se em Moto3.

A constituição de uma formação de Moto2 será assim a cereja no topo do bolo.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png