Afinal quem quis Lorenzo calar?

Por a 22 Março 2016 19:29

No final do GP do Qatar, que abriu no passado Domingo o campeonato do mundo de MotoGP, o gesto de Jorge Lorenzo a indicar ‘boca fechada’ fez de imediato correr muita tinta e gastou muita tecla de computador por esse mundo fora. O campeão do mundo tinha acabado de conquistar a primeira vitória da nova temporada no final de um fim-de-semana onde se tornou no piloto com mais ‘pole position’ na história do campeonato ao conquistar a sua 62ª e onde também conseguiu bater um recorde que datava de 2008, o recorde de volta mais rápida ao circuito com os seus 5.380 metros de perímetro, recorde esse que convém lembrar, foi conseguido quando existiam ainda dois construtores de pneus no paddock, ou seja, existiam pneus especiais, os durante muito tempo denominados ‘Saturday Specials’ e que durante anos serviram muitas vezes a um piloto em especial.

No final daquela que foi igualmente a corrida mais rápida de sempre de MotoGP em Losail escreveu-se acima de tudo sobre o gesto, o ‘fecho éclair’ de Jorge Lorenzo, ligando-se de imediato esse mesmo gesto a uma ‘picardia’ com Valentino Rossi. Depois do que o maiorquino tinha acabado de fazer foi mais importante a mensagem que pode ter inúmeras interpretações do que o feito desportivo alcançado por um dos melhores pilotos do mundo que em conjunto com a melhor moto do campeonato na actualidade tinha acabado de vencer uma corrida intensa e muito exigente.

Quatro dias de trabalho que no final foram resumidos a um simples gesto…que deixa a pergunta no ar. Para quem foi o gesto? Será que se destinou mesmo a Valentino Rossi? Ou porventura teve como destinatários os altos responsáveis dos campeonato, Dorna e FIM, que antes da época começar anunciaram uma ‘regra de bom comportamento’ que não é mais do que uma censura descarada aos pilotos e equipas?

A Dorna e a FIM nas suas mais altas instâncias parecem insistir em fazer do campeonato do mundo de MotoGP um campeonato de ‘fantoches’ onde só se pode dizer bem ou então ‘engolir em seco o sapo’ sob o risco de sofrer penalizações. Não se pode dizer mal do campeonato, não se pode dizer mal dos concorrentes enfim…não se pode dizer mal. Esquecem-se os senhores da Dorna que o carisma do campeonato foi feito das glórias de homens com coragem e dotes acima da média do comum dos mortais, que elevaram bem alto a competição em duas rodas. Pilotos com carisma existem muito poucos e Valentino Rossi talvez seja mesmo o último deles pois da forma como a Dorna ‘manipula’ tudo na actualidade no futuro teremos um grupo de meninos bem comportados em pista, em tudo semelhante ao que vemos na Fórmula 1 por exemplo, onde as conferências de imprensa apenas fazem lembrar as linhas de identificação dos suspeitos de crimes em qualquer esquadra norte-americana e onde apenas podem dizer meia-dúzia de palavras muitas vezes sem qualquer interesse. Os seguidores da Fórmula 1 certamente que gostavam de ouvir Kimi Raikonen transmitir a sua verdadeira opinião, eu pelo menos gostava.

O MotoGP segue o mesmo caminho e todos sorriem contentes, ou pelo menos alguns evidenciam isso, desde os jornalistas que estão  no paddock evento após evento, salvo raras excepções que rapidamente deixam de ter acesso aos eventos da Dorna ou mesmo das marcas porque apenas teceram opiniões que não eram favoráveis e os senhores que mandam no campeonato vão fazendo o querem e lhes apetece, como foi o caso da corrida de Moto2 em que penalizaram uns e esqueceram-se de outros que foram penalizados apenas no final – porque não interessava deixar Thomas Luthi sozinho na frente sem companhia? – e não repararam que ouve um piloto que demorou menos três segundos que os outros a cumprir a passagem pelo ‘pit lane’, o que tendo em conta que o limite de velocidade é igual para todos deixa muitas dúvidas no ar.

Talvez tenha sido todos esses que querem dominar em formato de ditadura o campeonato que Jorge Lorenzo mandou calar e não Valentino Rossi, a quem a Dorna também não conseguiu calar no final do passado ano, a mesma Dorna que viu o seu responsável máximo baixar a cabeça e evitar a conversa com Valentino Rossi no final da corrida de Valência sobre tudo o que se tinha passado. Foi mais fácil quase cortar a cabeça a Lorenzo nos resumos enviados para todo o planeta – no directo não o conseguiram evitar – para que poucos vissem a mensagem, mas mais uma vez a Dorna teve a sorte de que a grande maioria interpretou a mensagem como sendo dirigida a Rossi…e assim a caravana segue contente para a Argentina.

Já agora…se alguém encontrar uma foto de um fotógrafo creditado e que esteve no GP do Qatar com o gesto de Lorenzo…envie-me porque ainda não encontrei nenhuma!

 

 

2
Deixe um comentário

Please Login to comment
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
gaspar Recent comment authors
recente antigo mais votado
Gaspar
Visitante
Gaspar

mpreendo a analise mas não estou totalmente de acordo. Há um velho ditado,q diz:quanto + se mexe na m…mais mal cheira.Isto no caso do Ross com o Marq..Eles não voltam a ser amigos. Ponto final. Entendo quando o Carmello pediu a tds q não comentassem,a Yamaha inclusive..se tivessem divulgado a telemetria do Marquês,a barraca tinha sido piór. Toda a gente viu q o Marq estava a travar o Ross.mas tb TDs vimos o q este fez..os 2 erraram.. Na minha opinião fizeram bem..quanto a meninos bonitos! Sempre os houve..o sr.Rossi não se pode queixar..O Oliveira se fosse espanhol! Dava.lhe MTS… Ler mais »

gaspar
Visitante
gaspar

A relação entre o Rossi e o Lorenzo, está ao rubro..nunca foram própriamente amigos, mas este ano está pior.O Rossi perdeu o titulo de campeão do mundo. apesar de ter sido o Marquez a tirar a paciencia ao doctor e como consequençia levou o tal pontapé, o Rossi sabe que o 93 estava a proteger o seu colega de equipa..ñ deve ser facil de digerir.por isso esta parceria só pode piorar..durante os treinos pegaram-se porque segundo o Rossi o colega tapou-o..Axo tb que quando o Rossi tiver mota, pa lutar pela vitória,vai ser mais agressivo, em relação ao Marquez…..Basicamente o… Ler mais »

últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png