CEV Repsol: Chuva atrapalha Kiko Maria

Por a 14 Julho 2019 20:22

O jovem Francisco (“Kiko”) Maria foi mai suma vez o único português no CEV Repsol em Aragão, onde alcançou um 28º e um 29º lugar, entre 38 pilotos, na quarta prova da European Talent Cup (ETC).

Kiko falou desta primeira +participação com tempo instável:  “Para mim, é quase uma vitória. Faz três anos na próxima terça-feira que subi para uma moto pela primeira vez. Nem sequer sabia andar… E há um ano, neste mesmo circuito, gastei mais três segundos e meio na minha melhor volta, não me tendo qualificado para a corrida. Agora tudo é diferente. Estou entre os melhores e continuo a progredir de dia para dia”, afirmou.

Depois da sessão de ‘warm up’ cumprida à chuva, de manhã cedo, a primeira corrida

fez-se com a pista praticamente seca e 38 pilotos a lutar ao milésimo de segundo. O piloto português, integrado na formação da Leopard Impala Junior Team, procurou evitar as quedas e toques que se foram sucedendo à sua frente e optou por uma toada cautelosa, em crescendo.

Numa jornada disputada entre o calor abrasivo, como foi o caso dos treinos livres de sexta-feira, em que a temperatura do asfalto atingiu os 52 graus, e a chuva abundante das primeiras horas da manhã deste domingo, “Kiko” Maria guardou para o fim o seu maior feito nesta incursão por Aragão. Na 13.a das 14 voltas da segunda corrida, o vice-campeão nacional de PréMoto 3 retirou 585 centésimos à sua volta mais rápida, fixando o seu melhor registo em 2m05,761s.

“Foi duro, mas como aprendizagem foi desafiante, para mim e para a equipa, que voltou a ser submetida a intenso trabalho, para mudar quase tudo em pouco tempo, de chuva para seco. Agradeço-lhes a dedicação e não descansarei enquanto não acabar uma corrida nos pontos. É a melhor forma de retribuir”, declarou o jovem piloto português.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas CEV 2018
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png