Yamaha Tracer 700

Por a 29 Julho 2016 11:16

Com base no mesmo motor de dois cilindros que conhecemos de outros modelos recentemente lançados a Yamaha lançou a  Tracer 700. Este novo modelo chegou no passado mês de Junho aos concessionários da marca, com um preço bastante aliciante e apta a oferecer o melhor de vários mundos, desde o turismo ás sensações fortes. É mais um reforço de respeito na gama da casa japonesa.

Chegou na altura perfeita para todos aqueles que pretendem viajar de moto, ou seja, no  Verão, pronta para muitos quilómetros de conforto e liberdade como só as motos nos podem proporcionar quando partimos para a estrada. A nova Yamaha Tracer 700 promete ser não apenas uma turística económica e fácil de guiar, mas também uma desportiva que irá ao encontro de uma das tendências mais actuais na Europa. Ter uma moto económica, desportiva e turística deixou de ser um sonho impossível de alcançar e a Tracer 700 é a prova disso mesmo.

Desenvolvida a partir da plataforma que já conhecemos da MT-07 a Tracer pretende seguir a mesma linha de sucesso da irmã que lhe deu origem, aliciando uma nova geração de motociclistas que pretendem ter na garagem a moto que lhes permita enfrentar a viagem mais longa com capacidade de bagagem ou simplesmente efectuar sem problema a deslocação urbana para o trabalho ou a ida de fim-de-semana à praia ou ao café.

É precisamente esse novo cliente, informado, seguro da opção que toma e que de certa forma é movido por uma paixão coerente que a Yamaha quer cativar, ou melhor, continuar a cativar com esta linha de máquinas com motor 700 onde já estão a MT-07 ou a XSR, com características distintas mas utilizando o mesmo motor que tem servido como base de enorme sucesso comercial da marca nos mais diversos mercados.

2016-Yamaha-MT07TR-EU-Radical-Red-Action-014

PARA VIAJAR

O carácter do motor e o bem ajustado e desenhado quadro tornam a Tracer ágil e segura em qualquer momento ou experiência de condução, oferecendo uma versatibilidade quase total fruto de algumas alterações feitas no chassis face à MT e logicamente com novas afinações a nível da suspensão mais adequadas à filosofia da moto. A isto juntamos os 17 litros de combustível que o depósito pode transportar e estamos perante uma companheira de longas viagens com intervalos de paragem nas bombas de gasolina mais espaçados.

A protecção para a zona do tronco e cabeça do condutor é assegurada por um útil e estilizado ecrã de protecção que pode ser regulado manualmente, surgindo igualmente na 700 as protecções de mãos com os indicadores de direcção integrados. Os faróis com luz de presença em LED não escondem a sua inspiração na maior 900 e o banco é igualmente uma novidade, com as suas duas zonas de utilização mas em peça única e as novas pegas de apoio para o passageiro. Está assim ‘temperado’ um cocktail que promete ser bastante desejado neste Verão de 2016 e depois do período estival igualmente.

111168_broadcast36

EXPERIÊNCIA DESPORTIVA

A Yamaha pretende que esta Tracer 700 seja claramente distinta do que o são as restantes Sport Tourer de média cilindrada presentes no mercado, proporcionando aos seus condutores uma experiência desportiva com uma condução plena de emoções e intuitiva. A Tracer 700 pretende encarnar na perfeição o espirito ‘Kando’ ao ser uma fonte de inspiração e divertimento capaz de nos ‘rasgar’ um sorriso na face. Dotada com o seu motor de 689cc de capacidade e quatro válvulas, o ‘crossplane’ é o mesmo dois cilindros da XSR 700 e logo após a sua estreia com a MT-07 foi considerado como um dos propulsores mais divertidos e interessantes. Uma das suas principais características é a sua cambota de 270 graus e os intervalos de ignição desiguais que ajudam a uma aceleração sempre bastante enérgica e excelentes níveis de tracção que em conjunto com uma entrega de potência desde as rotações mais baixas bastante enérgica permite atingir níveis prestacionais pouco comuns nos motores de dois cilindros.

O motor da Tracer reclama além da excelente capacidade de resposta e comportamento muito especial uma potência máxima que ronda os 75 cavalos ás 9.000rpm e um binário de 68Nm ás 6.500rpm, argumentos que em conjunto proporcionam um forte desempenho desportivo especialmente quando saímos das principais vias e entramos em estradas secundárias com as suas curvas a serem deliciosos momentos de condução, os tais que nos rasgam o sorriso na face a cada inclinação ou passagem de caixa.

A Tracer tem assim tudo para ser mais uma 700 de sucesso na gama do construtor de Iwata e aquando da sua chegada será igualmente revelada a linha de acessórios originais dedicada em exclusivo ao modelo onde estarão não apenas as malas para aumentar a capacidade de bagagem mas também um ecrã de protecção de maiores dimensões e demais acessórios sempre necessários para o utilizador da moto. Felizmente que Junho é já ali depois da próxima curva e com a Tracer 700 lá chegar será certamente um exercício divertido de se fazer.

 

TÉCNICA

Os argumentos da Tracer não são apenas estéticos, pois a Yamaha limitou-se a muito mais que isso para criar este novo membro do clã. Com o objectivo claro de marcar a entrada na gama das motos desportivas de turismo, o modelo está equipado com o conhecido motor de dois cilindros ‘crossplane’, de dupla árvore de cames à cabeça, 4 valvulas e 689cc de capacidade, garantindo um elevado binário e ao mesmo tempo um excelente desempenho em condução desportiva com os seus quase 75 cavalos ás 9.000rpm, não esquecendo de forma óbvia os 68Nm ás 6.500rpm que asseguram aquela elasticidade e conforto de condução quando viajamos e não queremos estar constantemente a passar de caixa mesmo em zonas de curvas mais ou menos encadeadas. O quadro foi igualmente revisto e ajustado a par das suspensões para proporcionar mais estabilidade em conforto sendo que o braço-oscilante também cresceu para ajudar a aumentar a distância entre eixos (1450mm) e ser também peça fundamental no incremento de estabilidade.

A ergonomia é importante em qualquer moto que pretenda ser desportiva e a Yamaha não deixou o seu longo historial neste tipo de modelos – a mais recente evolução da FJR é prova disso mesmo – e colocou na Tracer 700 um generoso ecrã de protecção que pode ser regulado manualmente a gosto do condutor, protecções de mãos com deflector de vento integrado, banco duplo desnivelado com pegas de apoio para o passageiro e uma altura do banco de 835mm.

Ás linha cativantes da Tracer juntamos ainda o depósito de 17 litros, os discos dianteiros de 282mm com pinças de 4 pistões e sistema ABS, os faróis com luz de presença em LED o painel de instrumentos digital com ecrã LCD, as bonitas jantes em alumínio fundido com 10 raios e os 196 quilos de peso total do conjunto e estamos perante uma moto que promete ser a curto prazo uma referência no seu segmento. Preço desde  7.995,00 €

Mais informações  sobre a  Tracer 700 AQUI

 

Texto: Rui Belmonte

 

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Destaque Homepage
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png