WSBK, Misano: Razgatiloglu afasta cenário do MotoGP… o foco está em manter o nº1

Por a 10 Junho 2022 23:11

Após três provas do campeonato do mundo de Superbike, o atual campeão da especialidade, Toprak Razgatlioglu ainda não conquistou uma única vitória e ocupa o terceiro lugar no mundial de pilotos. Mas o turco recusa-se a atirar a toalha ao chão, e promete mudanças.

A defesa do título não está a correr de feição a Toprak, o que implica no seu entender uma alteração. O nº1 da Yamaha diz que fará uma espécie de ‘mudança cerebral’, focando-se a cada momento, resultado a resultado, e menos nos pontos do campeonato. As mudanças na Yamaha R1 no inverno não se tornaram evidentes, até porque a concorrência ficou mais forte. Não só Jonathan Rea (Kawasaki) parece ter trabalhado melhor na pré-temporada e está com 35 pontos de vantagem após três provas, como Álvaro Bautista regressou em grande forma à Ducati e já conta com 52 pontos de avanço sobre o piloto turco de 25 anos.

No ano passado ‘Razga’ – nome pelo qual é conhecido no paddock – conseguiu esquecer a classificação geral por longo tempo, esforçou-se ao limite em todas as corridas e como resultado foi coroado campeão domundo com 13 pontos de vantagem sobre Jonathan Rea. “É por isso que agora estou a encarar o campeonato corrida a corrida, estou focado em conseguir a minha primeira vitória da temporada e a não olhar mais para os pontos”, disse o piloto turco que precisa urgentemente de vitórias.

Esta sexta-feira em Misano, depois de duas sessões de treinos livres de 45 minutos, o piloto turco da Yamaha apenas foi derrotado por Bautista por miserabilíssimos ​​0,107 segundos, conseguindo manter Rea na cauda da sua YZF-R1.

“Gosto da pista, no ano passado consegui minha primeira vitória da temporada aqui. Só espero que a R1 fique mais rápida ao mudar de direção. O pneu traseiro não nos causa grandes problemas aqui e costumo ser rápido aqui na travagem. Em suma, sinto-me mais como no ano passado embora os tempos por volta tenham ficado muito rápidos. Parece que o Johnny, o Bautista e eu vamos lutar pela vitória novamente nas duas corridas”, concluiu  Razgatlioglu, adiantando que “há ainda que contar com o Rinaldi que foi muito forte no ano passado em Misano”.

O MotoGP é para já um sonho adiado para Troprak, sobretudo depois de se ficar a saber que haveria uma única equipa Yamaha em 2023 com a mudança da RNF para equipa-satélite da Aprilia em 2023.

“Vou ter um teste de MotoGP. Esse teste será bom para mim porque posso verificar a moto, goste ou não, mas agora não tenho o sonho do MotoGP porque, para o próximo ano, não seria fácil, e esta temporada estou focado no meu trabalho, na minha temporada porque é muito importante. Preciso manter o número 1 e também preciso vencer. Para mim, o MotoGP não é realmente importante.  O meu sonho para as Superbike é ser como o Jonny. Ele é uma lenda das SBK, e talvez, no futuro, eu seja também uma lenda das SBK. O meu sonho é ficar aqui, sou jovem e ainda tenho muitos anos pela frente”.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x