MotoAmerica: Team Hammer vai gerir a Suzuki

Por a 17 Dezembro 2019 17:00

A Suzuki Motor of America, Inc. anunciou que chegou a um acordo com o famoso Team Hammer para se tornar a equipa oficial no Campeonato de velocidade norte-americano MotoAmerica AMA em 2020.

Além de sua participação contínua na Supersport e na Twins Cup, o Team Hammer agora colocará em campo as principais Superbikes da Suzuki e adicionará a classe Superstock 1000 à sua lista.

A equipa entra na série como Team Hammer Suzuki. Os pilotos de cada classe serão anunciados mais tarde.

A Suzuki e o Team Hammer têm uma longa história juntos. Com mais de 30 anos de parceria valiosa, conquistaram inúmeras vitórias, provando que as motos desportivas Suzuki estão entre as melhores do mundo e consolidaram uma reputação vencedora no campeonato.

Mais recentemente, Bobby Fong da M4 ECSTAR Suzuki (na foto) tornou-se o Campeão de Supersport de MotoAmerica de 2019 a bordo de uma GSX-R600, enquanto o World Young Gun Alex Dumas, conquistou o título da Copa Twins numa SV650 na temporada passada.

A equipa Hammer Suzuki está procurando aproveitar o embalo para adicionar mais vitórias à lista, tornando-se a equipa principal de Superbike da Suzuki.

Em 2020, o Team Hammer celebrará o seu 40º ano consecutivo de operação como uma equipa profissional de corridas. Além de uma lista decorada de realizações em vários campeonatos nacionais e internacionais, o sucesso do Team Hammer nos níveis AMA Pro e MotoAmerica National é excecional.

Até o momento, os pilotos de motos preparadas pela equipa conquistaram sete títulos AMA Pro e MotoAmerica National acumulados, com 83 vitórias e 234 pódios na MotoAmerica Superbike, MotoAmerica Supersport, MotoAmerica Twins Cup, AMA Formula Xtreme, AMA 750cc Supersport e AMA Pro Daytona Sportbike.

Juntamente com um registo de preparação, desenvolvimento e inscrição de vencedores, o Team Hammer é conhecido por sua capacidade de identificar e promover talentos, sejam eles pilotos promissores, pilotos internacionais negligenciados ou veteranos consagrados que desejam reacender o seu talento.

As estrelas Kevin Schwantz, Ben Spies, Scott Russell, Josh Hayes, Jamie James, John Hopkins e Tommy Stevens estão entre muitos que montaram motos Suzuki preparadas pelo Team Hammer no início das suas carreiras profissionais.

Depois de mais de 40 anos juntos, a R&D da Yoshimura deixa assim de ser a equipa principal da Suzuki nas Superbike.

A Yoshimura continuará sendo um parceiro importante para os esforços de marketing e pesquisa e desenvolvimento da Suzuki, mas com um foco diferente, e continuará a desenvolver um forte relacionamento comercial no futuro.

Don Sakakura, presidente da Yoshimura R&D comentou sobre o relacionamento sem paralelo entre a Suzuki e a Yoshimura que durou cerca de quatro décadas:

“A parceria da Yoshimura com a Suzuki tem sido fundamental para o nosso negócio nos últimos 41 anos”, disse Sakakura. “Como equipa, alcançámos grandes marcos de corrida, deixando para trás muitas celebrações especiais, além de contratempos. Pessoalmente, foi um verdadeiro privilégio trabalhar de perto com a Suzuki. As amizades que desenvolvi durarão toda a minha vida. Notavelmente, a equipa de engenharia na sede da Suzuki no Japão tem sido extremamente significativa em nossos sucessos ao longo dos anos.”

A Suzuki ecoou os comentários de Sakakura e agradeceu à Yoshimura pela sua contribuição para 212 vitórias e 14 campeonatos na classe AMA Superbike, a maior percentagem de qualquer fabricante.

Kerry Graeber, vice-presidente da Suzuki, afirmou que o relacionamento da Suzuki com a Yoshimura permanece forte.

“Embora a Yoshimura não vá operar a nossa equipa de velocidade, esperamos continuar juntos em muitos outros aspectos de nossos negócios.”

Graeber observou que a Yoshimura continua sendo parte integrante da JGR/Suzuki, a equipa de corrida Supercross /Motocross da empresa, bem como de vários programas de vendas e marketing. Graeber vê isso não apenas a continuar, mas também possivelmente a expandir-se.

O Team Hammer Suzuki fará a sua estreia nos dias 10 e 11 de Março de 2020 no Teste de Pré-temporada MotoAmerica 2020 no Barber Motorsports Park, em Birmingham, Alabama.

 

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Velocidade
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png