MotoAmerica: Beaubier é Campeão Americano de Superbike

Por a 24 Setembro 2019 17:00

O que parecia improvável há apenas três dias tornou-se realidade para Cameron Beaubier num Domingo ensolarado no Alabama, com o piloto da Yamaha Factory Racing a conquistar a quarta coroa da MotoAmerica Superbike por cinco pontos sobre o seu rival Toni Elias com uma dobradinha nas duas corridas da EBC Superbike no Barber Motorsports Park.

Mais importante, ele ganhou o quarto título da Superbike AMA, o que o coloca num empate com o seu ex-companheiro de equipa Josh Hayes pela segunda vez na história da AMA Superbike. Mat Mladin está no topo da lista com sete Campeonatos de Superbike AMA.

Beaubier fez tudo o que precisava de fazer no Alabama, vencer as duas corridas, mas Elias precisava de terminar em terceiro ou pior em ambas.

Pelo segundo dia consecutivo, o companheiro de equipa de Beaubier, Garrett Gerloff, terminou em segundo, o texano novamente liderando as primeiras voltas antes de fazer o jogo de equipa e não resistir quando o seu companheiro de equipa o alcançou. Beaubier até tinha dificultado as coisas ao sair da pista na primeira volta, mas fez o trabalho.

“Eu sabia o que tinha que fazer, sabia que tinha que andar na frente e vencer a corrida e Toni (Elias) tinha que ficar em terceiro para eu vencer. Pensei que estava tudo perdido quando fui à relva. Tentei dar a volta pelo lado de fora de (Josh) Herrin e toda a gente sabe que não se passa o Herrin por fora. (Depois) abaixei a cabeça e puxei o mais forte que pude. É incrível. Devo tudo à minha equipa Yamaha. Realmente é como uma grande família.”

Gerloff ficou também feliz com a sua performance e a sua temporada, num ano em que terminou em terceiro na disputa pelo título e venceu quatro corridas.

“Esta foi uma boa temporada para mim”, disse Gerloff. “Definitivamente, realizei muitos objetivos que tinha na temporada. Tive alguns pontos baixos, mas também alguns pontos realmente altos. Nunca desisto e a equipa também não. Estou muito empolgado com o que o futuro reserva. “

O terceiro lugar foi para Mathew Scholtz, da Westby Racing, o sul-africano cerca de 10 segundos atrás da dupla da Yamaha, mas quase três segundos à frente de Elias.

Elias foi extremamente galante na derrota, especialmente considerando que liderou este campeonato da segunda corrida até o início da 20ª corrida.

“Antes de tudo, quero dar os parabéns ao Cameron (Beaubier) e à Yamaha”, disse Elias. “Eles fizeram um final de temporada incrível e merecem esta vitória. Para mim, não é bom, é difícil e triste. Levará alguns dias para digerir esta derrota e aceitá-la. Nós fizemos tudo o que podíamos. Toda a equipa deu 200%. Vamos voltar e trabalhar mais no próximo ano e tentar ganhar outro campeonato para a Suzuki. ”

Kyle Wyman foi quinto no domingo, o seu melhor resultado da temporada na Ducati Richmond e ficou logo à frente de Cameron Petersen, da Omega Moto, que também teve o melhor resultado da temporada na sexta posição.

Josh Herrin, da Suzuki Yoshimura, caiu para o sétimo lugar, seguido de Jake Lewis, da Suzuki Ecstar. David Anthony, da FLY Racing ADR Motorsports e Max Flinders, da Thrashed Bike Racing, ficaram entre os 10 primeiros.

EBC Brakes Superbike

  1. Cameron Beaubier (Yamaha Monster)
  2. Garrett Gerloff (Yamaha Monster)
  3. Mathew Scholtz (Yamaha Westby)
  4. Toni Elias (Suzuki Yoshimura)
  5. Kyle Wyman (Ducati Richmond)
  6. Cameron Petersen (Yamaha Omega)
  7. Josh Herrin (Suzuki Yoshimura)
  8. Jake Lewis (Suzuki Ecstar)
  9. David Anthony (Kawasaki Fly)
  10. Max Flinders (Yamaha Thrashed)

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Velocidade
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png