Crise põe Grande Prémio do Ulster em perigo

Por a 2 Dezembro 2019 16:45

O Grande Prémio do Ulster, clássica irlandesa que segue cada ano no Calendário de corridas urbanas após a Ilha de Man está em “perigo real e iminente de desaparecer”, devido a uma grave uma crise financeira.

Depois do dia da corrida principal do GP do Ulster deste ano ter sido atingido por fortes chuvas, os organizadores registaram “talvez a menor multidão de espetadores que o evento já teve”, o que levou a uma queda significativa nas receitas do Dundrod and District Motorcycle Club.

Este ano, Peter Hickman dominou ao vencer todas as sete corridas em que participou no Grande Prémio do Ulster, igualando o recorde de Phillip McCallen de vencer cinco corridas num dia.

Hickman também viu o Ulster GP recuperar a sua marca de corrida mais rápida com uma volta de 219 Km/h h (136,4 mph) durante a primeira corrida de Superbike.

Num comunicado divulgado pelos organizadores do Ulster GP, o futuro do evento está em dúvida com uma revisão financeira em andamento que decidirá os próximos passos para tentar salvar a icónica prova.

Os organizadores também entraram em contato com o deputado local Sir Jeffrey Donaldson e o Conselho Municipal de Lisburn e Castlereagh, numa tentativa de angariar apoios para o evento.

A semana de corrida do Grande Prémio do Ulster de 2019 começou com uma explosão de glória quando Peter Hickman estabeleceu uma nova velocidade recorde de volta de 219 km/h, que trouxe o título de ‘Corrida mais rápida do mundo’ de volta ao circuito de Dundrod.

Outra corridas fantásticas estavam no programa, mas uma previsão de tempo severa para o dia principal de sábado viu a maioria dos fãs decidir ficar em casa, resultando na menor audiência que o evento já registou e num enorme prejuízo, que agravado pelo passivo existente, resultou numa grande crise financeira para os organizadores do Dundrod and District Motorcycle Club.

Nos últimos meses, o clube vem tentando administrar esta situação difícil e é agora necessário decidir se a corrida ocorrerá ou não em 2020. Uma revisão urgente está em curso em relação à viabilidade do evento para 2020, juntamente com as opções disponíveis para lidar com o passivo financeiro existente. Os organizadores da corrida considerarão o resultado desta revisão e uma decisão será tomada nas próximas semanas sobre o futuro do Clube e do Grande Prémio do Ulster.

“O Grande Prémio do Ulster comemorou o seu 97º aniversário em 2019”, disse Robert Graham, presidente do Clube.

“Os organizadores da corrida reuniram com o deputado local, Jeffrey Donaldson, ao lado de representantes da Câmara Municipal de Lisburn e Castlereagh, e continuamos a procurar uma solução para os problemas financeiros que permitiriam que a corrida de motos mais prestigiada e histórica da Irlanda do Norte continuasse até ao seu 100º aniversário. “

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Velocidade
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png