SBK, 2021, Teste Barcelona-Catalunya: Todos em pista pela primeira vez

Por a 31 Março 2021 11:30

O plantel quase completo dos pilotos deste ano está na pista espanhola para dois dias de testes vitais de pré-temporada

A batalha das equipas independentes será feroz em 2021 e, muito provavelmente, será ainda mais à frente

O Campeonato do Mundo de Superbike Motul de 2021 promete ser mais uma temporada impressionante de drama e alta competição e, pela primeira vez este ano, todas as equipas de fábrica estarão reunidas em pista.

O Circuito de Barcelona-Catalunha é o perfeito banco de ensaios, com retas rápidas, ganchos apertados, esses e curvas de longo raio, combinados com áreas de travagem e aceleração duras.

Começando pelo atual campeão do mundo, Jonathan Rea (Kawasaki) estará de volta à sua nova ZX-10RR pela primeira vez desde Portimão no início de março. Quase um mês depois, o seis-vezes campeão procurará recuperar sensações com a moto, agora equipada com asas na secção traseira.

O colega de equipa Alex Lowes não precisou de esperar tanto tempo, já que esteve em pista em Jerez há apenas duas semanas, depois de uma longa ausência devido a uma lesão no ombro.

Vestida de vermelho, a equipa da Ducati Aruba.It também vai estar em pista na Catalunha, a continuar o seu programa de testes durante a pré-temporada.

Scott Redding foi quarto no último teste em Misano, ao mesmo tempo que se concentrava em adequar mais a moto ao seu estilo.

Do outro lado da garagem, Michael Ruben Rinaldi atirou-se para o topo em Misano no segundo dia, mostrando que tem exatamente o que é preciso para brilhar.

Ambos os pilotos tentaram os novos travões dianteiros Brembo em Misano e a equipa vai continuar a tentar colocar o nariz à frente da oposição em Espanha.

Um dos maiores pontos de conversa no paddock é a evolução da Yamaha e a força da Yamaha Pata.

Toprak Razgatlioglu iniciou o teste de Misano por cima e terminou em segundo, à medida que se habituava a uma zona frontal modificada com uma entrada de ar redesenhada.

Experimentou também as novas pinças dianteiras e espera utilizar as zonas de travagem da Catalunha para trabalhar na paragem da moto e na inserção, um dos maiores problemas que enfrentou em 2020.

O seu companheiro de equipa estreante Andrea Locatelli também estará em pista e, depois de ter sido quinto em Misano, o seu objetivo será continuar a afinar as suas habilidades na Superbike.

A equipa HRC tem vindo a testar recentemente também, embora não em Misano; optaram por rumar ao sul de Espanha e ao Circuito de Jerez – Angel Nieto, com Álvaro Bautista e Leon Haslam a terem muito para dar a volta à cabeça enquanto procuram seguir em frente.

Com o team manager Leon Camier agora a estabelecer-se no seu papel, o Circuito de Barcelona-Catalunha foi a primeira vez que a nova Honda liderou uma corrida em 2020 com Álvaro Bautista na Superpole Tissot. Agora, de volta ao circuito, como se irão dar em comparação com o resto?

Há um certo enigma que rodeia a BMW Motorrad, já que a equipa só entrou na pista com a M 1000 RR em Jerez na semana passada, com Tom Sykes e o novo companheiro de equipa Michael van der Mark a completar mais de 200 voltas cada um ao longo dos três dias de teste e a trabalhar numa série de configurações de chassis, novos componentes do motor e eletrónica atualizada. Shaun Muir, diretor da equipa, saudou o progresso que a equipa fez.

A batalha das equipas independentes será feroz em 2021 e, muito provavelmente, será mais à frente do que nunca.

Garrett Gerloff (Yamaha GRT) tem estado sublime nos testes de pré-temporada, entre os três primeiros no teste de Misano a bordo da Yamaha de 2021.

O seu companheiro de equipa Kohta Nozane também estará presente no teste quando continua a adaptar-se aos pneus Pirelli de SBK.

O galês Chaz Davies (Team GoEleven) permanece a bordo da Ducati Panigale V4 R, apenas numa equipa independente. Ainda assim, esta será a sua estreia em pista e depois de ter sido vencedor da corrida na Catalunha em 2020, pretende retomar o seu lugar.

A dupla satélite da BMW Jonas Folger (Bonovo MGM Racing) e Eugene Laverty (RC Squadra Corse) também estão em pista; Folger estreou-se nas SBK em 2020, enquanto Laverty teve o seu melhor resultado do ano passado no recinto.

Outros pilotos independentes presentes incluem Tito Rabat (Barni Racing Team), e Axel Bassani (Motocorsa Racing), com o piloto mais jovem da grelha a tentar desafiar fortemente na Catalunha nos próximos dois dias.

Mais estreantes incluem Isaac Viñales (Orelac Racing VerdNatura), que continuará a sua adaptação à SBK num circuito que conhece bem.

Ainda em Kawasaki está Samuele Cavalieri (TPR Team Pedercini Racing), que se vai estrear pela equipa em 2021 na Catalunha, dando-nos uma primeira vista de olhos ao jovem italiano na ZX-10RR, ainda que no modelo de 2020.

Christophe Ponsson (Alstare Yamaha) também estará em pista durante o teste, enquanto Leandro Mercado (MIE Racing Honda Team) vai desfrutar da sua estreia em testes com a Honda Fireblade CBR1000RR-R SP.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Destaque Homepage
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x