SBK, 2021: Chuva interrompe treinos em Aragón

Por a 24 Abril 2021 14:30

A chuva veio interromper o teste de dois dias em Aragón para a Yamaha e Kawasaki

“Vimos que o segundo dia estaria molhado, por isso decidimos fazer um ataque no final do primeiro dia e fomos bastante rápidos.” Jonathan Rea

 O segundo dia de testes no MotorLand Aragón foi interrompido por más condições meteorológicas mas uma primeira tarde foi produtiva para todos os seis pilotos das SBK presentes.

Embora com o segundo dia de corrida encurtado pela chuva, quatro equipas e seis pilotos foram ao recinto de Alcañiz para refinar as suas máquinas antes da nova temporada começar no mesmo traçado em apenas um mês.

A pista começou por estar húmida na manhã de quarta-feira, mas ficou mais seca à medida que o dia avançava, embora uma combinação de chuva e borracha deixada para trás em diferentes locais devido a eventos de automóveis desse condições menos do que ideais.

O atual campeão Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team) estava em pista com a novíssima Kawasaki ZX-10RR, ao lado do colega de equipa Alex Lowes, e a dupla procurava colocar quilometragem vital na sua moto e garantir que está à altura da sua primeira corrida em MotorLand Aragón.

Rea só testou na tarde de quarta-feira, mas completou o seu programa, incluindo um ataque ao tempo ao final do dia, enquanto Lowes completou 73 voltas e se sentia mais próximo de 100% do que o teste anterior após a recuperação de uma lesão no ombro.

Andrea Locatelli, campeão mundial de SSP, foi o único representante da Yamaha Pata, enquanto o italiano continuou a ajustar-se à vida nas SBK.

Locatelli completou 59 voltas na sessão da tarde, registando um melhor tempo de 1:51.550s, permitindo à equipa finalizar os testes de desenvolvimento da YZF R1.

A Yamaha e a Kawasaki vão voltar a testar em Aragón no início de maio, com Toprak Razgatlioglu a ligar-se de novo à Yamaha depois de ter falhado este teste após o seu período de isolamento por Covid-19.

Havia mais três Yamaha YZF R1 em pista em Aragón com Garrett Gerloff (Yamaha GRT) e o colega de equipa Kohta Nozane a realizarem o seu programa de testes de pré-temporada, enquanto Christophe Ponsson (Yamaha Alstare) também esteve presente.

Gerloff, tal como a maioria dos pilotos, só andou na quarta-feira e fez grande parte do seu trabalho focando-se no ritmo de corrida, enquanto Nozane aproveitou as condições húmidas no segundo dia para fazer as suas primeiras voltas na R1 com os pneus de chuva da Pirelli.

Gerloff completou 31 voltas ao longo dos dois dias com o melhor tempo de 1:50.577s, enquanto Nozane fez 47 voltas, incluindo as suas primeiras voltas molhadas.

Ponsson montou na tarde de quarta-feira e completou 60 voltas, enquanto se focava no seu estilo de condução a bordo da sua R1, após algumas análises de dados após um teste anterior.

O piloto francês também analisou a sua posição na moto, bem como as definições de mapas eletrónicos da travagem motor e no controlo de tração.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x