SBK, 2021, Assen: Magia no ar em Assen

Por a 25 Julho 2021 09:15

Tendo visto alguma história majestosa assinada, selada e entregue nos Países Baixos, uma previsão do que está para vir em Assen, no último dia de ação.

Foi uma Corrida elétrica 1 no Campeonato Mundial de Superbike de 2021 com Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team) a prevalecer numa luta titânica com Scott Redding (Ducati Aruba) e Toprak Razgatlioglu (Yamaha Pata BRIXX). Recuperando a liderança do Campeonato e tornando-se o primeiro piloto a vencer 13 corridas num circuito de SBK, houve muitos recordes quebrados e história feita na ‘Catedral’ num sábado mágico.

1- A vitória de Jonathan Rea em Assen é a sua 13ª, o que significa que ele é agora o piloto mais bem sucedido na pista, tornando-se o primeiro piloto a alcançar 13 vitórias num único circuito na história das SBK. É também a 105ª vitória em SBK para Rea. Esta veio da sua quinta pole em cinco rondas, a primeira vez que alcançou cinco poles seguidas.

2- A vitória de Rea é também a 13ª visita consecutiva ao pódio na pista e a sua 19ª no total.

3- Com a Kawasaki a vencer, é o 470º pódio que tiveram na sua história em SBK.

4- Scott Redding terminou uma seca de sete corridas sem pódios com um segundo lugar, o que faz 780 lugares no pódio para a Grã-Bretanha.

5- Foi também o 18º pódio de Redding, colocando-o ao nível de Loris Baz na 37ª posição no ranking de todos os tempos.

6- Também com os lugares no pódio, a Ducati está em 958, o que significa que no domingo, poderiam alcançar um recorde de 960. Graças a Toprak Razgatlioglu, a Yamaha está agora no 329º lugar, o que significa que poderão alcançar um 330º lugar no Domingo.

7- Andrea Locatelli (Yamaha Pata BRIXX) ficou com o seu segundo Top 5 da temporada e, portanto, com o seu melhor resultado em quinto.

8- Houve desempenhos impressionantes em toda a grelha, uma vez que muitos pilotos recuperaram vários lugares. Michael van der Mark (BMW Motorrad) veio de 9º para 4º, mas o seu companheiro de equipa Tom Sykes veio de 20º para 7º, e Garrett Gerloff (Yamaha GRT) de 21º para 6º.

9- Isaac Viñales (ORELAC Racing VerdNatura) levou o seu melhor resultado pessoal com o 11º lugar.

10 – Foi o primeiro ponto para Loris Cresson (Team Pedercini) que terminou em 13º, o primeiro ponto de um belga nas SBK desde o falecido Michael Paquay na Corrida 2 de Brands Hatch em 1996, em 12º lugar. Além disso, Andrea Mantovani (Vince64) terminou em 14º, apesar de ter ignorado uma dupla volta longa de penalização por saltar a partida, pela qual recebeu um “ride-through”.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Destaque Homepage
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x