SBK, 2020: Aprilia considera RSV de 1100 cc para as SBK

Por a 4 Setembro 2020 15:41

A entidade promotora do Campeonato do Mundo, a Dorna, quer ter o maior número possível de fabricantes no Campeonato do Mundo de Superbike e, por isso, mantém um olho atento ao desenvolvimento do mercado. A capacidade de 1100 cc sugerida pela Aprilia iria requerer uma nova regra de equilíbrio.

Até ao momento, não há nenhuma decisão oficial da Aprilia sobre o tema de passar a RSV a 1100 cc“, disse Andrea Dosoli, que está presente nas reuniões da MSMA como representante da Yamaha. “Portanto, as nossas discussões sobre esta questão destinam-se apenas a trocar pontos de vista entre si, já que esta é uma questão sensível.”

Mas antes de a Comissão de Superbike, composta por representantes da Dorna, FIM e da aliança de fabricantes MSMA, poder falar de uma mudança tão drástica e técnica, os fabricantes têm de chegar a acordo antecipadamente.

É complicado porque a questão é só sobre a Aprilia neste momento, e todos gostariam de ter o fabricante de Noale de volta ao campeonato. Também é complicado porque a Ducati construiu e homologou a sua V4R com 998 cc para participar no Campeonato do Mundo de Superbike, porque a versão padrão do V4 tem 1103 cc.

“Foi interessante ver que o fabricante com ambas as versões de capacidade também votou em 1000 cc”, disse Dosoli. “Se ocorrer um aumento de capacidade, então é necessário introduzir uma regra de equilíbrio muito boa. Existe tal regra na classe de 300, mas vemos que, dependendo da pista de corrida, há vantagens para diferentes fabricantes. Precisamos de ver esta questão a longo prazo se o mercado se desenvolver para incluir motocicletas mais adequadas com maior capacidade.”

Mas as intermináveis discussões do passado voltarão a surgir. “É por isso que a maioria dos fabricantes quer continuar com as regras atuais”, enfatizou Dosoli.

Se a Aprilia apresentar formalmente o pedido de aumento de capacidade no âmbito da MSMA e se esta for rejeitada pelos outros fabricantes, está provisoriamente fora de questão. Pelo menos em 2021, o Campeonato do Mundo de Superbike continuará com um máximo de 1000 cc para os motores de quatro cilindros.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x